A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018

25/08/2018 07:31

No Coophasul, ninguém consegue devorar hambúrguer com 4 andares

Thailla Torres
Carnívoros é lanche que, até o momento, ninguém conseguiu comer sozinho. (Foto: Luan Charão) Carnívoros é lanche que, até o momento, ninguém conseguiu comer sozinho. (Foto: Luan Charão)

Quando o assunto é matar a fome, não há como negar que o hambúrguer está na lista de pratos preferidos de muita gente. E no Bairro Coophasul, essa meta é levada a sério, com um lanche desafiador, que há poucos meses entrou no cardápio da lanchonete "Carnívoro".

Na Rua Cotegipe, em frente à praça que já ganhou fama de "point gastronômico" da periferia, pela variedade de alimentos vendidos na região, o novo concorrente surpreende pelo tamanho. Com quatro andares de hambúrgueres, até hoje ninguém conseguiu devorar sozinho o sanduíche.

Recheado também com queijo provolone, ovo frito e barbecue, o lanche custa R$ 45,50, mas quem paga acaba dividindo com alguém. "Até agora ninguém comeu tudo sozinho. São 800g só de hambúrguer", garante o sócio-proprietário Luan Charão da Silva, de 27 anos.

Amigos investiram no lanche monstro para fazer sucesso em bairro. Amigos investiram no lanche "monstro" para fazer sucesso em bairro.

Na categoria de lanches "monstros", ainda aparecem o Carnívoro Simples com dois hambúrgueres de 200g por R$ 28,50 e o Mata Fome com salada, provolone, ovo frito, bacon e dois hambúrgueres por R$ 27,50.

O título de carro-chef fica com o "Du Chef", que leva hambúrguer, provolone, ovo frito, bacon e molho barbecue, por R$ 23,00.

Os lanches bem servidos chegaram ao bairro graças ao desejo de mudança de Luan e do sócio Ricardo Gomes Sandim, de 40 anos. Ambos trabalhavam como vendedores em uma loja de elétricos na cidade, mas de tanto fazer hambúrguer em casa para os amigos, Luan resolveu investir no próprio negócio. "Eu estava há sete anos como vendedor, então quis mudar de vida", justificar.

Inspirado na mãe, que há 10 anos é dona de uma sorveteria no bairro, Luan abriu mão de fechar no negócio na região onde mora para investir no Coophasul. "Aqui tem pontos muito conhecido, tem gente da cidade toda que vem comer no bairro, principalmente pelo Bifão da Coophasul, mas hoje aqui tem de tudo. É mais simples que a Bom Pastor, mas tem clientela fiel".

O local fica na Rua Cotegipe, 944, Coophasul. Abre todos os dias das 19h às 23h30.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.

Esse é o Mata Fome que também faz parte da turma de lanhes monstros do estabelecimento. (Foto: Arquivo Pessoal)Esse é o Mata Fome que também faz parte da turma de lanhes "monstros" do estabelecimento. (Foto: Arquivo Pessoal)


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.