ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUARTA  26    CAMPO GRANDE 22º

Lado Rural

MS responde com 30% da produção de tilápia no Brasil

Número de abates do pescado chegou a 16,2 milhões até outubro de 2021

Por José Roberto dos Santos | 06/12/2021 11:26
Exemplar de tilápia produzida em MS; mercado externo tem Estados Unidos e Canadá como destinos principais.
Exemplar de tilápia produzida em MS; mercado externo tem Estados Unidos e Canadá como destinos principais.

A produção de tilápia em Mato Grosso do Sul responde por 30,2% do volume de abates no Brasil, entre janeiro e outubro de 2021, conforme dados do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento). Ao todo, o Estado produziu 16,2 milhões do pescado, enquanto o País chegou a 53,7 milhões em volume abatido. O assunto foi abordado no canal Mercado Agropecuário da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS) desta segunda-feira, 06.

Segundo nota distribuída pela assessoria de comunicação da federação, mais de 90% da produção de tilápias de Mato Grosso do Sul concentram-se em cinco municípios: Aparecida do Taboado com 40,97%, Selvíria com 32,99%, Brasilândia com 6,21%, Mundo Novo com 5,68% e Itaporã responsável por 4,21%.

“O Estado se destaca pela iniciativa de fortalecer a criação de peixe em regime intensivo. A partir da criação do Programa de Avanços da Pecuária do Estado (PROAPE), em 2003, a piscicultura vem recebendo incentivo para desenvolvimento. O subprograma denominado Peixe Vida concedeu benefícios a produtores de alevinos e de peixes por meio da isenção de ICMS, através da redução de alíquota, com incentivo financeiro de 50% do ICMS para os produtores cadastrados”, explica o coordenador de Assistência Técnica e Gerencial em Piscicultura do Senar/MS, André Nunes.

Segundo a Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), no ano de 2019, os produtores inscritos no benefício que venderam sua produção regularmente receberam mais de R$ 1 milhão em incentivos financeiros do Peixe Vida.

Exportações – A comercialização de Mato Grosso do Sul para o mercado externo chegou a US$ 4,5 milhões entre janeiro e outubro de 2021. Os principais destinos da proteína são os Estados Unidos com 92,7% da aquisição e Canadá com 7,2%.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário