A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Novembro de 2017

04/07/2017 09:23

"Seca" há 15 dias, Capital só deve ter chuva no meio de julho

Última chuva foi registrada dia 19 de junho

Renata Volpe Haddad
Ventos derrubam sensação térmica nesta terça-feira (4) e sol deve predominar o dia todo. (Foto: André Bittar)Ventos derrubam sensação térmica nesta terça-feira (4) e sol deve predominar o dia todo. (Foto: André Bittar)

Campo Grande deve completar 30 dias sem grandes volumes de chuvas. O último registro foi no dia 19 de junho e em pouca quantidade. Agora, a previsão é de mudança considerável no tempo apenas na segunda quinzena de julho.

De acordo com o meteorologista Natálio Abrão, tem uma mudança de tempo prevista para o dia 8, próximo sábado. "Mas não é nada grande. Se chover, será de forma fraca e alguns milímetros. Depois, está previsto que chova no dia 17 de julho".

Típico do inverno, a massa de ar polar fria e seca predomina em Mato Grosso do Sul há quase um mês. Há mais de uma semana a umidade relativa do ar está em 30% e 40%, níveis considerados de alerta à saúde humana.

Estado - Conforme dados do Cemtec (Centro de Monitoramento de Tempo e Clima), em junho municípios de MS ficaram 29 dias sem chuvas. Os municípios que mais sofreram com a seca foram: Ponta Porã e Nhumirim, no Pantanal, com 29 dias sem chover.

Três Lagoas registrou 28 dias sem chuvas; Sete Quedas, Costa Rica e Cassilândia, 27 dias; Sonora 26 dias; Corumbá e Bataguassu 25 dias; Campo Grande 22 dias; Água Clara e Aquidauana, 21 dias sem chover.

Os municípios que ficaram com índice abaixo do esperado para o mês foram: Amambai com 60 milímetros, sendo que o esperado era de 90 milímetros; Água Clara com 7 milímetros de chuvas, com média esperada de 28,7 milímetros; Aquidauana choveu 30 milímetros e a média esperada era de 48,5.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions