A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019

30/06/2019 13:04

Clube fará observação de eclipse solar na rotatória do Morenão

Fenômeno costuma acontecer a cada 18 meses e poderá ser visto parcialmente na Capital

Jones Mário
Clube de Astronomia Carl Sagan vai promover observação na rotatória do Estádio Morenão (Foto: Reprodução/Facebook)Clube de Astronomia Carl Sagan vai promover observação na rotatória do Estádio Morenão (Foto: Reprodução/Facebook)

O Clube de Astronomia Carl Sagan promove na próxima terça-feira (2), a partir de 16h, na rotatória do Estádio Morenão, região sul de Campo Grande, a observação do eclipse solar. O fenômeno costuma acontecer a cada 18 meses e poderá ser visto parcialmente na Capital.

O eclipse se forma quando a lua passa em frente ao sol durante sua órbita ao redor da Terra e bloqueia temporariamente a luz solar, escurecendo o dia por alguns minutos. Durante o fenômeno, é possível acompanhar a sombra da lua aparecendo em frente à estrela.

Em Campo Grande, o eclipse começa às 15h56min e terá seu ápice de bloqueio da luz solar às 16h54min. O fenômeno termina às 17h09min. Os organizadores do evento vão disponibilizar óculos específicos para a observação, uma vez que não se pode contemplar um eclipse solar diretamente a olho nu.

O fenômeno desta terça-feira é chamado de “O Grande Eclipse Solar Sul-Americano”, já que a sombra produzida pelo alinhamento se estenderá pelo Pacífico Sul, a partir de La Serena, no Chile, até Buenos Aires, Argentina. Somente estes dois países poderão ter a visão total do eclipse, mas a parcial também será visível no Uruguai, Paraguai, Equador e Brasil.

O Observatório Interamericano de Cerro Tololo e o Observatório de La Silla - diretamente no caminho da sombra - vão capturar o fenômeno e transmiti-lo ao vivo.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions