A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

13/03/2014 12:21

“Estamos vivendo o Demorado Adeus”, diz ouvidor do município ao pedir exoneração

Bruno Chaves e Luciana Brazil
Ouvidor-Geral lembrou que a exoneração é uma questão de coerência (Foto: Marcos Ermínio)Ouvidor-Geral lembrou que a exoneração é uma questão de coerência (Foto: Marcos Ermínio)

O ouvidor-geral do município de Campo Grande, Ulisses Duarte, decidiu pedir exoneração do cargo nesta quinta-feira (13) depois da sessão que cassou o mandato de prefeito de Alcides Bernal (PP).

Ele se lembrou de uma peça teatral do dramaturgo estadunidense Tennessee Williams ao dizer “nós estamos vivendo o Demorado Adeus”.

Ulisses, que é promotor de justiça aposentado, contou que a exoneração é uma questão de coerência. “Sempre estive envolvido historicamente com Bernal. Vou pedir minha exoneração”, afirmou.

Ele garantiu que passará todas as informações necessárias ao prefeito empossado Gilmar Olarte (PP), mas sairá da ocupação de ouvidor-geral.

“Ele [Bernal] tinha a visão perfeita de que a população elegeu um prefeito de partido que brigou sozinho; e é claro que aconteceria isso”, justificou a cassação.

O então ouvidor disse ter conversado com o prefeito cassado e revelou que ele deve entrar com alguma medida na Justiça para reverter a decisão da Câmara Municipal da Capital. “Ele está muito chateado”, pontuou.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions