A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 15 de Dezembro de 2018

25/08/2015 18:12

Alceu Bueno recupera celular e diz que não teve compra de votos

Leonardo Rocha e Alan Diógenes
Ex-vereador Alceu Bueno diz que não teve compra de votos e que a retorno de Bernal não muda nada para ele (Foto: Marcos Ermínio)Ex-vereador Alceu Bueno diz que não teve compra de votos e que a retorno de Bernal não muda nada para ele (Foto: Marcos Ermínio)

O ex-vereador Alceu Bueno relatou na saída do seu depoimento ao Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), que prestou todos os esclarecimentos possíveis e que em nenhum momento houve compra de votos, para cassar o prefeito Alcides Bernal (PP). Ele ainda recuperou o seu celular, já que alegou que o aparelho pertence a empresa.

“Não houve compra de votos, esta acusação não procede, também consegui o meu celular de volta, já que ele pertence a empresa”, ressaltou ele. Bueno comentou que sobre o retorno do prefeito Alcides Bernal (PP), ele agora não tem nada a declarar, já que deixou de ser vereador. “Para mim não muda nada, continuo tocando as minhas coisas”.

Alceu ressaltou que no momento está cuidando da sua empresa. A operação “Coffe Break” deteve 13 pessoas para prestar depoimentos, cumpriu 17 mandados de busca e apreensão e resultou no afastamento do atual prefeito Gilmar Olarte (PP), denunciado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, e também do presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, Mário Cesar de Oliveira.

O recolhimento dos celulares dos vereadores foi apontado como válido, já que segundo o promotor, Marcos Alex, disse que, embora já tenha se passado mais de um ano da cassação do prefeito Alcides Bernal, foi possível encontrar mensagens que apontam indícios de articulação para derrubar o progressista do poder.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions