A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

02/10/2012 12:29

Almi defende “pacto da oposição”, mas fala em seguir partido

Fabiano Arruda
Deputado Cabo Almi, vice de Vander Loubet na disputa à Prefeitura de Campo Grande. (Foto: Divulgação/arquivo)Deputado Cabo Almi, vice de Vander Loubet na disputa à Prefeitura de Campo Grande. (Foto: Divulgação/arquivo)

O deputado estadual Cabo Almi (PT), vice do candidato Vander Loubet na disputa à Prefeitura de Campo Grande, defendeu, nesta terça-feira, a “manutenção” do chamado “pacto da oposição” para a eleição num segundo turno.

“Sou de cumprir compromisso. Agora, sou partidário. Não vou caminhar para um lado se meu partido estiver de outro”, afirmou, ao sair da sessão na Assembleia Legislativa, pontuando que há uma aliança nacional entre PT e PMDB, no entanto, destacando confiar na ida de Vander ao segundo turno por conta da “força da militância”.

O acordo, divulgado no início da campanha, reúne os candidatos Reinaldo Azambuja (PSDB), Alcides Bernal (PP), além de Vander. Eles prometeram se unir, independente de quem vá à próxima etapa do jogo, como adversários, provavelmente, do candidato do PMDB, Edson Giroto.

Já o deputado estadual Rinaldo Modesto (PSDB) se negou a falar sobre qualquer possibilidade de segundo turno. “Não tenho dúvida que o Reinaldo vai estar no segundo turno”, assegurou.

No entanto, em caso de Giroto e Bernal avançarem, com demonstram as pesquisas mais recentes, opinou que qualquer pacto deve ser discutido apenas depois das eleições.

Do outro lado, o PMDB aposta em ter os quadros do PSDB como reforço por conta da ligação histórica dos partidos em Campo Grande.

“Na prática só não vamos atrás do apoio do Bernal”, disse o secretário estadual de Habitação, Carlos Marun, em entrevista recente ao Campo Grande News.



Situação inusitada para não dizer cômica esta acontecendo nessas eleições de Campo Grande.
Depois de "meter gás" na candidatura do inespressivo PP(partido Popular), através do seu candidato, o deputado estadual Alcides Bernal, os deputados Vander Loubert(PT) e Reinaldo Azambuja(PSDB),prometendo "mundos e fundos" ao Bernal, despencaram com tudo.
Agora estão sendo enterrados segundo as pesquisas que apontam que os deputados "extrategistas políticos", parecem que nem para o segundo turno irão e agora bate o desespero na "tchuma peesedebista e petista".
Bem fez o Antonio João do PSD que pulou fora na última hora do dia 30/06.
Digo sempre,esperteza não é inteligência,ok? e pior, nessa podem sair menor do que entraram.
 
Haroldo Borralho em 02/10/2012 16:48:25
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions