A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

23/05/2019 14:19

Após prorrogação de prazo, vereadores apresentam 268 emendas a LDO

A LDO 2020 tem previsão de orçamento de R$ 4,3 bilhões

Fernanda Palheta
A expectativa do relator, vereador Odilon de Oliveira, é até semana que vem o projeto seja votado (Foto: Fernanda Palheta)A expectativa do relator, vereador Odilon de Oliveira, é até semana que vem o projeto seja votado (Foto: Fernanda Palheta)

A prorrogação de 10 dias do prazo para os vereadores apresentarem emendas a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) foi suficiente para os parlamentares apresentaram 268 emendas ao Projeto de Lei 9.310/2019, de autoria do Executivo. Até o dia 2 de maio, véspera do fim primeiro prazo, nenhum vereador tinha apresentado emendas ao projeto.

O número foi anunciado pelo relator da proposta e vice-presidente da Comissão Permanente de Finanças, Orçamento e Fiscalização, o vereador Odilon de Oliveira (PDT), durante a sessão ordinária desta terça-feira (21).

O relator está fazendo compilação dos dados para a elaboração do relatório final e a expectativa é até semana que vem o projeto seja votado.

"Pretendo votar o mais rápido possível. Agora nós estamos analisando e vamos compilar todas as emendas. Todas as emendas têm que ter relação com o PPA (Plano Plurianual) apresentado no começo dessa legislatura. As emendas que não tiverem contemplado no PPA não vão fazer parte do relatório final", detalha Odilon.

Ainda segundo o relator, todos os 29 vereadores da Câmara apresentaram emendas ao PL.

LDO 2020

Enviada pelo executivo, a votação da proposta protocolada no dia 16 de abril na Casa de Leis é esperada para os próximos meses. A LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) 2020 tem previsão de orçamento de R$ 4,3 bilhões.

Conforme a estimativa do secretário de finanças da Prefeitura, Pedro Pedrossian Neto, Campo Grande deve perder cerca de R$ 35 milhões até o fim de 2019 pela redução de transferência estadual de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

O projeto de lei também foi discutido em audiência pública pela Câmara Municipal no dia 29 de abril. O debate foi convocado pela Comissão Permanente de Finanças, Orçamento e Fiscalização da Casa de Leis.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions