A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019

02/05/2019 12:58

Aprovada a inclusão da educação financeira nas escolas estaduais

Projeto quer incluir o tema não como disciplina, mas como conteúdo dentro das lições de matemática

Leonardo Rocha
Projeto do deputado Marçal Filho (PSDB) foi aprovado na Assembleia (Foto: Assessoria/ALMS)Projeto do deputado Marçal Filho (PSDB) foi aprovado na Assembleia (Foto: Assessoria/ALMS)

Os deputados aprovaram, em primeira votação, a inclusão de educação financeira no currículo escolar, da rede pública estadual. A intenção é que o tema seja ensinado nas escolas não como disciplina, e sim dentro do conteúdo de matemática. A proposta não estava na pauta, mas entrou de última hora após acordo de líderes.

O autor do projeto, Marçal Filho (PSDB), disse que as noções básicas de educação financeira precisam ser ensinadas nas escolas, principalmente aos jovens, que precisam aprender desde cedo a tratar desta área, para que já conscientes façam um controle de suas finanças. “Não entre no grupo das pessoas endividadas”.

O tema será colocado como “conteúdo complementar”, sendo tratado como informação e orientação. “Desenvolverá os princípios de planejamento, gerenciamento, avaliação e controle da economia pessoal e familiar”. A expectativa é desenvolver a mentalidade economizar, investir e poupar.

A proposta diz que este conteúdo será elaborado e ministrado pela Secretaria Estadual de Educação. O tema pode ser proposto por meio de palestras, atividades interdisciplinares, leitura, interpretação de texto e outros métodos. Caberá ao governo estadual regulamentar a lei.

O projeto ainda precisa por uma segunda votação, antes de passar pelo crivo do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que pode vetar ou sancionar a matéria. “O que a proposta almeja é a condução do jovem cidadão a um entendimento prático da importância do hábito da poupança”.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions