A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

17/04/2014 12:27

Aprovada há mais de um ano, lei pode reduzir tempo de recuperação em UTI

Kleber Clajus
Mario Cesar propôs e foi homenageado por legislação que prevê a presença de cirurgião dentista em UTI (Foto: Arquivo)Mario Cesar propôs e foi homenageado por legislação que prevê a presença de cirurgião dentista em UTI (Foto: Arquivo)

Desde dezembro de 2012, a Lei Complementar nº 5.184 exige que cirurgiões dentistas façam parte das equipes multidisciplinares que atuam em UTI’s (Unidades de Terapia Intensiva). A medida, proposta por Mario Cesar (PMDB) e Paulo Siufi (PMDB), pode reduzir a internação em até 15 dias, mas ainda precisa ser colocada em prática.

Mario Cesar ressalta que o objetivo ao propor a lei era colocar Campo Grande na vanguarda do atendimento odontológico. Isso porque muitas pessoas que realizam cirurgias não possuem boa higiene bucal e precisam deste cuidado, dentro do âmbito hospitalar, para evitar infecções durante o período de recuperação.

“Essa questão é discutida internacionalmente. Conseguimos aprovar e espero que o secretário de Saúde, Jamal Salem, faça valer isso”, pontua Mario.

Pela legislação aprovada, o vereador foi homenageado no dia 4 de abril, em Brasília (DF), durante as comemorações de 50 anos da criação do CFO (Conselho Federal de Odontologia) e CRO's (Conselhos Regionais de Odontologia). Atualmente a classe se mobiliza para aprovar no Senado Federal o PLC (Projeto de Lei da Câmara) 34, que também requer a presença de cirurgião dentista em UTI’s.

O presidente do CRO-MS, Francisco Grilo, comenta que a lei já deveria estar sendo cumprida em Campo Grande, uma vez que possibilita a redução do tempo de internação em UTI’s entre 10 a 15 dias.

“Antibiótico sozinho não faz milagre. É preciso haver cuidado oral para evitar que infecções retardem o processo de recuperação e que bactérias migrem para a corrente sanguínea”, pontua Grilo, que cobra a efetivação da lei nos hospitais.

Reforço na prevenção também foi confirmado, durante homenagem a Mario Cesar, pelo coordenador de Saúde Bucal do Ministério da Saúde, Gilberto Alfredo Pucca Júnior. Ele sinalizou o encaminhamento de oito consultórios odontológicos completos para o CEO (Centro de Especialidades Odontológicas) da Capital.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions