A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

27/02/2017 17:49

Asfalto cede no Carandá e prefeito busca madeira para sinalizar "armadilha"

Alberto Dias
Asfalto cedeu na confluência das ruas Pedro Martins e Kame Takaiassu. (Fotos: Alberto Dias) Asfalto cedeu na confluência das ruas Pedro Martins e Kame Takaiassu. (Fotos: Alberto Dias)
Morador da rua diz que carros boiam quando chove.Morador da rua diz que "carros boiam quando chove".

"Olha que buraco estranho", diz um morador no bairro Carandá Bosque. No meio do cruzamento entre as ruas Pedro Martins e Kame Takaiassu, o asfalto cedeu em volta de um poço de visita da rede de esgoto, exaltando um "grande quadrado" que oculta uma perigosa armadilha aos motoristas, especialmente à noite, com a pouca iluminação.

No fim tarde desta segunda-feira (27), quem sinalizava o local para alertar quem passa era o próprio prefeito, Marquinhos Trad (PSD). "Vou denunciar isso e exigir que refaçam este serviço imediatamente", exclamou. Em seus cálculos, aquele trecho foi arrumado em 4 de janeiro, logo que assumiu a prefeitura. "Se não me engano foi a Pavitec, que será notificada, junto com a Águas Guariroba", garantiu.

O caso é parecido, segundo ele, com trecho da avenida Rachid Neder que teve de ser refeito após fortes chuvas. "Temos garantia de um ano", explicou, enquanto enviava mensagem via WhatsApp para o responsável da Águas Guariroba, que prontamente respondeu: "vamos verificar o caso". Na sequência, Trad solicitou à Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) que enviasse cones.

Quem ajudou na sinalização improvisada foi o enfermeiro Carlos Henrique Veronesi, 38 anos, que mora por ali e passeava com a família. Enquanto isso, o advogado Jânio Ribeiro Martins assistia a cena. "Esse buraco não estava aí hoje de manhã", disse, lembrando que o local inunda quando chove forte. "Tá vendo ali? Carro bóia e a água chega a um metro de altura", conta.

"Nota-se que foi causado pela força da água que passa embaixo do asfalto, pela tubulação", complementou Jânio, que mora ali há 20 anos. Ao agradecer, Trad ponderou que a participação da população é fundamental. "Eu faço o que posso e preciso que todos ajudem, se algum buraco reabrir, avisando a prefeitura", disse. "Casos como esse podem tirar vidas", finalizou o prefeito, ressaltando que o "pagamento das três empresas que realizam a operação tapa-buracos em Campo Grande é prioridade e está em dia".

Ao Campo Grande News, a prefeitura informou, via assessoria de imprensa, que a operação-tapa buraco está suspensa nesta segunda e terça-feira de carnaval e que será retormada na manhã da quarta-feira de cinzas, dia 1º de março.

Prefeito Marquinhos Trad (PSD) busca madeira e pede ajuda a morador para sinalizar os motoristas. Prefeito Marquinhos Trad (PSD) busca madeira e pede ajuda a morador para sinalizar os motoristas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions