A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Agosto de 2017

07/09/2014 12:23

Atrasado, candidato do PSOL participa de “Grito dos Excluídos”

Kleber Clajus
Sidney Melo e o candidato ao Senado, Lucien Rezende, fizeram campanha depois da passagem do Grito dos Excluídos na Rua 14 de Julho (Foto: Kleber Clajus)Sidney Melo e o candidato ao Senado, Lucien Rezende, fizeram campanha depois da passagem do Grito dos Excluídos na Rua 14 de Julho (Foto: Kleber Clajus)

O candidato ao governo do Estado do Psol, Sidney Melo, chegou hoje (7) “um pouco atrasado” para participar da 20ª edição do “Grito dos Excluídos”, em Campo Grande. Mesmo assim, fez questão de ressaltar que assumirá o que é “polêmico” na campanha, além de intensificar visitas e reuniões partidárias.

“Vamos intensificar ao máximo nossa atuação junto aos movimentos sociais e assumir o que é polêmico e necessário para o Estado, batendo duro sobretudo no âmbito social onde estamos desenvolvendo para os mesmos”, comentou Sidney, acompanhado do vice Waldely Vaneli e do candidato ao Senado, Lucien Rezende. Eles estavam acompanhados de militantes e de um caixão que simbolizava o enterro da corrupção.

Neste ano, o Grito dos Excluídos teve por tema “ocupar ruas e praças por liberdade e direitos”, onde os participantes ressaltavam, dentre diversas pautas, a necessidade de reforma agrária e política no país.

Em relação a campanha, o candidato contou que a “pequena estrutura” que dispõe tem sido dividida para cobrir as cidades do interior e Capital.

Outros candidatos Além de Sidney, o candidato Nelsinho Trad (PMDB) também realizou campanha durante o desfile cívico militar na Rua 14 de Julho, em Campo Grande.

Marco Antônio Monje (PSTU) não participou do Grito dos Excluídos, Delcídio do Amaral (PT) permanece em Sonora, Reinaldo Azambuja (PSDB) não tinha compromissos previstos e Evander Vendramini (PP) não encaminhou agenda.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions