A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

19/04/2013 12:41

Bernal anuncia secretário interino na Sedesc na próxima segunda-feira

Jéssica Benitez
Prefeito garantiu que publicará nome de interino no Diogrande na próxima segunda (Foto: Vanderlei Aparecido)Prefeito garantiu que publicará nome de interino no Diogrande na próxima segunda (Foto: Vanderlei Aparecido)

Após quase quatro meses à frente da administração de Campo Grande, o prefeito da Capital, Alcides Bernal (PP), revelou na manhã desta sexta-feira que já escolheu uma pessoa para assumir interinamente a Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Turismo e do Agronegócio).

Mantendo tom de mistério, o prefeito disse somente que “a Sedesc já tem uma interina. Vai ser publicado na segunda-feira (no Diogrande)”. Desde que assumiu, Bernal tem enfrentado fortes críticas pela demora em nomear um líder à pasta, liderada na gestão passada pelo então vice-prefeito, Edil Albuquerque (PMDB).

Para rebater as cobranças, Bernal chegou a garantir que estava administrando pessoalmente a secretaria. “Embora não tenha o secretário, tem o prefeito que está comandando essa pasta e estamos trabalhando”, afirmou o progressista, em entrevista ao jornal da TV Morena no inicio desta semana.

Prejuízos - Segundo levantamento feito pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), no primeiro trimestre deste ano o saldo de empregos foi de 614 vagas enquanto no mesmo período do ano passado foram contratadas 1.618 pessoas. O número corresponde a uma queda de 62% ma criação de novas vagas.

Além disso, a falta de interesse e ausência do novo titular na Sedesc desencadeou atenção em outras cidades em angariar investimentos de empresas oriundas de outros países. O prefeito de Jaraguari, Vagner Ferreira (PDT), por exemplo, entrou na disputa pela instalação de uma multinacional chinesa no município. A indústria, especializada em maquinário pesado, pretende investir R$ 600 milhões em Mato Grosso do Sul.

Três Lagoas também já manifestou interesse em atrair duas empresas chinesas ao município. No início do mês, o deputado estadual Eduardo Rocha (PMDB), que esteve na China discutindo investimentos de duas empresas em Mato Grosso do Sul, aventou essa possibilidade. “Estamos a um passo de puxar essas empresas para Três Lagoas”, afirmou ele na ocasião.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions