A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

11/01/2013 21:34

Bernal diz que mantém Freire e vai anunciar mais dois secretários

Nyelder Rodrigues e Helton Verão
Bernal negou as acusações feitas ao secretário Gustavo Freire (Foto: Rodrigo Pazinato)Bernal negou as acusações feitas ao secretário Gustavo Freire (Foto: Rodrigo Pazinato)

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), afirmou nesta sexta-feira (11) que vai manter o secretário de Receita e de Governo e Relações Institucionais, Gustavo Freire, apontado como participante de esquema de cobrança de propina.

Na quinta-feira (10), o prefeito defendeu Gustavo Freire, negando o envolvimento do secretário no esquema alvo de investigação do MPF (Ministério Público Federal), resultado da operação Vulcano, desencadeada, à época, pela Polícia Federal.

Gustavo é acusado de liberar cargas de uma refinaria de petróleo sem o pagamento de tributos ou marcação de mercadoria enquanto exercia o cargo de auditor da Receita em Corumbá entre os anos de 2007 e 2008.

Nesta sexta-feira, Bernal declarou que Freire é funcionário da Receita Federal e está cedido à Prefeitura. “Algumas jornais estão querendo demitir as pessoas, mas o prefeito sou eu”, enfatizou o progressista.

Novos secretários – Além disso, Bernal revelou que até a próxima segunda-feira (14) irá anunciar mais um ou dois novos secretários municipais. Nesta sexta, Odimar Luis Marcon foi nomeado como secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano.

Ainda seguem abertas na nova administração municipal as vagas de chefe de gabinete, secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, de Ciência e Tecnologia e do Agronegócio; procurador-geral do município; diretor-presidente da Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados; diretor-presidente da Fundação Municipal de Esporte; e diretor-presidente do Instituto Municipal de Previdência.

Carnaval e Guarda Municipal – Na questão do carnaval deste ano na Capital, Bernal contou que ficou tudo à cargo da Fundac (Fundação Municipal de Cultura), já que tudo ficou em cima da hora. Ele imagina que os gastos girem em torno de R$ 100 mil.

O prefeito também comentou sobre a possibilidade de armamento da Guarda Municipal, declarando que não pensa nisso no momento, já que agora é hora de pensar na estrutura da Guarda. “Temos que resgatar a dignidade dos servidores”, finalizou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions