A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

05/08/2013 12:25

Bernal gera "insegurança" a Santa Casa ao não confirmar ajuda em empréstimo

Leonardo Rocha e Jéssica Benitez
Teslenco diz a vereadores que falta de comprometimento de Bernal prejudica o hospital (Foto: Cleber Gellio)Teslenco diz a vereadores que falta de comprometimento de Bernal prejudica o hospital (Foto: Cleber Gellio)

O diretor da Santa Casa, Wilson Teslenco, afirmou que a falta de comprometimento do prefeito Alcides Bernal (PP) em assumir 50% das parcelas do empréstimo que o hospital fará com a Caixa Econômica Federal é a principal preocupação da administração. Teslenco destacou que o negócio está próximo de ser fechado, mas não há qualquer sinalização do prefeito.

O diretor destacou que o governo estadual já se prontificou em arcar com 50% dos R$ 80 milhões que serão emprestados, mas Bernal não confirmou. “Ficamos apreensivos em saber se teremos este respaldo”. Ele ressaltou que esta insegurança e o déficit de R$ 3 milhões são os dois problemas que a Santa Casa enfrenta no momento.

A dívida do hospital está por volta dos R$ 120 milhões, mas segundo a direção R$ 40 milhões são (dívidas) a longo prazo. A ideia é pagar em 84 parcelas no valor R$ 1,5 milhão, que no fim somaram R$ 126 milhões. O Estado se comprometeu a pagar metade do valor mensal da prestação.

Teslenco fez esta revelação aos vereadores durante a visita “surpresa” da comissão de saúde da Câmara ao hospital, que aconteceu no final desta manhã. Os parlamentares estiveram antes no Hospital Universitário para avaliar as condições do local.

Ex-interventores culpam déficit por aumento de dívida da Santa Casa
Os três integrantes da junta interventora da Santa Casa de Campo Grande, que ficou no comando do hospital de 2005 até maio deste ano, atribuíram ao d...
Justiça bloqueia R$ 17 mil da Santa Casa para custear cirurgia de criança
Uma criança de 12 anos, nascida na Santa Casa de Campo Grande, ganhou na Justiça o direito de ter o tratamento médico custeado pela ABCG (Associação ...
Ex-interventores culpam déficit por aumento de dívida da Santa Casa
Os três integrantes da junta interventora da Santa Casa de Campo Grande, que ficou no comando do hospital de 2005 até maio deste ano, atribuíram ao d...
Justiça bloqueia R$ 17 mil da Santa Casa para custear cirurgia de criança
Uma criança de 12 anos, nascida na Santa Casa de Campo Grande, ganhou na Justiça o direito de ter o tratamento médico custeado pela ABCG (Associação ...


Penso que tanto OAB, MPE, MPF, e outras instâncias jurídicas, deviam por um fim nessa pendenga de pagamentos de R$ 126,milhões de reais que a Santa Casa deve até o momento. Para isso, determinando que a União,e o Estado de MS. e ao Município de Campo Grande (Prefeitura)que paguem dentro de um período curto essa dívida porque quem sofre com essa guerra política, quem sofre, são as pessoas que pagam seus impostos e que tem todo direito em um bom atendimento.
 
João Alves de Souza em 05/08/2013 20:12:25
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions