A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

11/09/2015 13:18

Bernal recebe lideranças indígenas e pede orações para ter saúde e sabedoria

Antonio Marques
Alcides Bernal relatou a situação difícil que encontrou a prefeitura e pediu apoio ás lideranças indígenas (Foto: Gerson WalberAlcides Bernal relatou a situação difícil que encontrou a prefeitura e pediu apoio ás lideranças indígenas (Foto: Gerson Walber

O prefeito Alcides Bernal (PP) recebeu na manhã de hoje em seu gabinete na Esplanada Ferroviária cerca de 20 lideranças indígenas da Capital para tratar do nome que deve assumir a sub-coordenadoria de assuntos indígenas, criada na primeira parte de sua gestão. Ao final ficou combinado que as lideranças vão definir o representante e comunicar ao prefeito nos próximos dias.

Bernal ouviu todos os presentes que quiseram se manifestar e ao final repetiu varias vezes, inclusive na língua guarani, que "tá feio o negócio" em Campo Grande. E continuou usando um ditado em guarani, "tá caro o corte de cabelo, tá caro o pão, mas nós vamos vencer", declarou o prefeito, que precisou traduzir para o português, uma vez que nem todos os índios entenderam o guarani.

Esteve presente a índia Terena Silvana Dias, primeira a assumir a sub-coordenadoria quando foi criada em 2013, ainda na gestão de Alcides Bernal. Atualmente, ela é a sub-secretária de Políticas Indígenas do governo estadual. O índio Aguinaldo Arruda, que assumiu a sub-coordenadoria na gestão de Gilmar Olarte, também participou do evento.

Durante a reunião, os líderes indígenas declararam apoio à gestão de Alcides Bernal e pediram que o prefeito visite as aldeias urbanas da Capital para conhecer a realidade das comunidades. Também fizeram cobranças sobre problemas que afetam os indígenas em Campo Grande. “A falta de drenagem na Marçal de Souza e Água Bonita são problemas sérios, pois quando chove algumas casas ficam alagadas”, cobrou um dos líderes presente.

Eduardo Barbosa Pereira, membro do Conselho Municipal dos Direitos e Defesa dos Povos Indígenas de Campo Grande, pediu ao prefeito que pudesse aguardar um nome de consenso a ser definido pelas lideranças, “uma pessoa que realmente possa nos representar efetivamente, que tenha conhecimento político e capacidade de articulação com todas as comunidades”, destacou. Ele lembrou que havia alguns líderes ausentes na reunião que deveriam ser consultados.

Bernal agradeceu o apoio das lideranças, fez um relato sobre a situação de caos que encontrou a prefeitura em seu retorno, e disse que iria aguardar o nome de consenso conforme solicitado. Ao final, o prefeito pediu orações aos indígenas. “Peço a vocês que nos momentos de orações com sua famílias possam pedir a Deus que nos dê saúde e sabedoria para enfrentar os problemas e apresentar as melhores soluções”, disse ele.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions