A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

15/04/2013 08:01

Bernal terceiriza serviço na Agetran e servidores ficam sem fazer nada

Zemil Rocha
Sinalização na avenida das Bandeiras é feita por empresa terceirizada (Foto: Divulgação/facebook Alcides Bernal)Sinalização na avenida das Bandeiras é feita por empresa terceirizada (Foto: Divulgação/facebook Alcides Bernal)

O prefeito Alcides Bernal (PP), através da Agência Municipal de Trânsito (Agetran), vem contratando empresas terceirizadas para fazer pinturas de sinalização de ruas e avenidas de Campo Grande, mesmo tendo equipes de servidores especializados paradas, sem ter o que fazer. São cerca de 13 funcionários públicos, de duas equipes, que ficam sentados o dia inteiro porque a Prefeitura contratou terceirizada pra fazer esse serviço.

Um desses funcionários, revoltado por estar sem fazer nada, informou ao Campo Grande News que as duas equipes de pintura de vias da Agetran estão sem trabalho desde a posse do prefeito Alcides Bernal, em 1º de janeiro. “Se o serviço é muito não temos nada contra a prefeitura contratar empresa terceirizada, mas não dá pra aceitar que façam isso com o nosso pessoal parado”, desabafou ele, que preferiu não se identificar para não sofrer represálias da administração municipal.

Até o ano passado, quando o prefeito era Nelsinho Trad (PMDB), o setor de pintura de vias da Agetran trabalhava num ritmo intenso. “Eu trabalhava na equipe da noite e fazia o serviço das 18 horas até a meia noite. A gente chegava a fazer 600 a 800 metros de pintura por noite”, contou o trabalhador. A maior parte do serviço era pintura linear e de faixas de pedestres. “As da pista de ciclismo fomos nós que pintamos, assim como da área central”, lembrou. “Serviço era bastante”, acrescentou.

Hoje, segundo o mesmo funcionário, as duas equipes, da noite e da manhã, estão “praticamente paradas” por falta de serviços nas vias urbanas de Campo Grande. “Às vezes a gente faz serviço que é de fora do nosso setor, como cortar galhos de árvores”, revelou. Os funcionários mais antigos do setor de pintura de vias ganham em média R$ 1,9 mil por mês e os que são mais novos, R$ 1,2 mil.

Na obra mais recente, o caso recapeamento da avenida das Bandeiras, uma empresa terceirizada está fazendo a pintura de sinalização da pista. “É a empresa do Paulo Teixeira”, informou o funcionário da Agetran. Além de tirar serviço de equipes da própria prefeitura, as terceirizadas também estariam utilizando material de qualidade inferior.

“É material à base de água e daqui a pouco está tudo solto. Nosso material da Agetran é melhor”, garantiu ele.
Apesar das chuvas que estão caindo na cidade, segundo o funcionário, há muito serviço de pintura por ser feito nas vias urbanas de Campo Grande, enquanto as duas equipes da Agetran estão paradas. Parte do problema, segundo ele, é que , embora as equipes tenham equipamento, há deficiência na área de transporte. “Estamos sem caminhão, os veículos estão pifados”, disse.

Outros setores da Agetran, segundo o funcionário, também estão nas mãos de empresas terceirizadas, embora tenha servidores especializados para o serviço, como é o caso da colocação e manutenção de semáforos. “Alguns semáforos foram colocados por teceirizadas, mas isso já acontece desde a época do prefeito Nelsinho. E tem equipe para fazer esse serviço na Agetran, que acaba ficando só para manutenção, trocando lâmpadas”, explicou.

Há ainda paralisação involuntária de servidores que cuidam de implantação e manutenção de pontos de ônibus, além da implantação de cobertura e postes. “ Nesse caso, precisa fazer, mas não tem material, não tem combustível”, apontou ele.

Câmara investigará - O vice-presidente da Comissão de Transporte e Trânsito da Câmara de Campo Grande, vereador Alceu Bueno (PSL), ao tomar conhecimento da denuncia sobre a onda de terceirização, informou que vai propor investigação dessa situação e verificar a situação dos trabalhadores subutilizados pela Agetran. “Vamos ter audiência na terça das tarifas de ônibus e a partir dessa denúncia vou levantar as informações sobre essa situação”, disse o vereador.

Alceu Bueno afirmou que não lhe causou surpresa a existência dessa situação. “Parte do contrato de pintura das vias estava na mão da Solurb, que pegou várias vertentes da administração pública e isso é uma coisa que o Nelsinho não deveria ter feito. A Solurb tinha que cuidar daquilo que tem know how, que é a questão do lixo, mas pegou parte do serviço de bocas de lobo, pintura de meio fio, sinalização de transito e recolhimento de lixo, que era feito pelas caçambinhas”, criticou.

A reportagem do Campo Grande News tentou ouvir a presidente da Agetran, Kátia Maria Moraes Castilho, e o prefeito Alcides Bernal, mas sem sucesso. Bernal não atendeu às ligações telefônicas. Kátia tem dividido seu tempo entre Campo Grande e Juiz de Fora (MG), sua cidade natal. 



Pessoal, os campo grandenses estão desfrutando do prefeito que elegeram.
 
jose rodrigues em 16/04/2013 00:06:55
Maravilha Bernal! a cidade cheia de problemas no trânsito e a secretária visitando os parentes em Juiz de Fora. Isso é uma gozação com a cara dos cidadões que pagam seu IPTU. Falou que o nelsinho tercerizava tudo mas esta pior do que ele.
 
Terêncio Silveira em 15/04/2013 15:50:46
Já vi este filme....

quanto cada empresa destas estão subtraindo dos cofres municipais?
algumas destas empresas, os donos tem alguma ligação de parentesco ou amizade com algum dos "côpanheros" do Sr. Bernal????
Qual o motivo de não utilizarem os funcionários responsáveis pelos serviços?? e o motivo da terceirização???

São questionamentos simples, pois os funcionários da AGETRAN responsáveis pelo serviço já são pagos por nós...

Aonde está o MP e o TC ???????

Insanidade ou diarréia mental e moral... VERGONHA...

Saiu da prefeitura um ruim e entrou o pior...

nova dupla de sertanejos universitários...( ITAMAR e TÁPIOR)






 
odracir siarom em 15/04/2013 15:49:15
Óia ... O Bernalzão já tá abusando de nóis!
 
Elviria Santos Ferreira em 15/04/2013 14:49:38
Quando o povo de Campo Grande vai acordar? Porque Campo Grande esá indo pro buraco.
 
Jéssica Santos em 15/04/2013 11:21:56
olha agetram mandem estas pessoas que estao ai paradas sem fazer nada aqui para o bairro marcos roberto ,porque aqui eles vao ter trabalho 24 horas sem precisar descançar porque aqui nao tem placa se cinalizaçao e nem faixa no asfalto com certeza aqui nao vai faltar o que fazer . muito obrigado.
 
telma matos em 15/04/2013 10:43:22
moro no bairro jd paqueta, não tem asfalto, com esse tempo, só lama e pedra, já nos bairros vizinhos, copasul, azaléia, nasser, as placas e pinturas de sinalização estão horríveis ou nem tem em dezenas d ruas.
 
jose jeronimo em 15/04/2013 10:17:51
Meu rico dinheirinho indo pelo ralo
Eo bernal?
e o Bernal??????
ahhh mais soh tem mais 3 anos e alguns mese passa rapido.
 
joao Brites em 15/04/2013 10:15:27
Que vergonha Sr. Bernal, isso 'e a valoricao do servidor????
 
Andre Barbosa Cunha em 15/04/2013 09:52:37
Funcionário público reclamando que não tem serviço...tem caroço nesse angú !
 
Marcos Paulo Hypollito em 15/04/2013 09:52:29
Como é que pode uma empresa particular estar fazendo serviços de sinalização horizontal sem ter tido uma licitação? Se teve foi por debaixo dos panos, pois até agora não publicaram o edital e nem o resultado da "carta convite". Tem carta marcada, como sempre. Senhores vereadores, peçam para ver o processo de contratação e verão de que é tudo uma farsa. Quanto às equipes da AGETRAN, o pessoal está com razão, pois ficaria bem mais barato para a prefeitura sinalizar com os seus próprios funcionários, equipamentos e materiais, que na verdade são de qualidade bem superior dos que veem sendo utilidados por esta empresa. A cidade inteira está precisando de sinalização. Deverá ser feito às claras o processo de contratação de empresas e exigir materiais de boa qualidade e não tinta à base de água.
 
Paulo Cézar Thomás Cecílio em 15/04/2013 09:52:09
È o Bemmal desperdiçando o dinheiro público, aliás o recapeamento é de péssima qualidade, um dinheiro que com um bom projeto poderia ter vindo do Governo Federal, mas não tem pessoal capacitado nem para fazer projetos. È o jeito Bemmal de governar......
 
francisco junior em 15/04/2013 09:27:41
Enquanto isso os funcionarios recebem salarios sem trabalhar, ao inves de terceirizar empresas deveriam investir este dinheiro em melhorias na cidade que nao ta la estas coisas, asfaltos que seria melhor que nem tivesse de tanto buraco, e a ernesto geisel, daqui uns dias sai uma onça de la, esse e o bernal!!!
 
Robson Sabino em 15/04/2013 09:26:55
olha,campo grande,esta ficando, uma,cidade abandonada,vamos.ter esperanca,que melhore.
 
clodoaldo rodrigues em 15/04/2013 09:22:36
Quero vocês lá no Santo Antônio. Precisamos pinturas da sinalização horizontal nas esquinas.
 
Orlando Santos em 15/04/2013 08:59:37
Agora descobrimos o por que da péssima sinalização da ciclovia da Afonso Pena, excesso de serviço além da pressa pra entregar.
Não culpo o atual prefeito de terceirizar se o serviço não ficar uma porcaria como o da administração anterior.
 
Mauricio Secco em 15/04/2013 08:35:59
Está na hora da Câmara Municipal abrir um processo de impeachment contra esse prefeito. Pelas notícias diárias nos leva a crer que ele está com as piores intenções para administrar Campo Grande.
 
Fernando Pereira em 15/04/2013 08:25:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions