A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

30/04/2015 10:35

Betinho lamenta forma como chegou à Câmara, mas promete mandato ativo

Flávia Lima e Kleber Clajus
Betinho (PRB) diz que ainda não sabe se ficará na base de apoio ao prefeito. (Foto: Kleber Clajus)Betinho (PRB) diz que ainda não sabe se ficará na base de apoio ao prefeito. (Foto: Kleber Clajus)

Tomou posse na sessão desta quinta-feira (30) na Câmara Municipal, o vereador Roberto Santana dos Santos, o Betinho (PRB). Ele é o sétimo suplente a tomar posse esse ano no legislativo municipal. Betinho ocupa o lugar do vereador Alceu Bueno, que renunciou esta semana após ser indiciado por exploração sexual de adolescentes.

O novo vereador lamentou a forma como chegou à Câmara, porém se comprometeu a exercer um mandato atuante. Ele ressaltou que ainda analisa se irá compor a base aliada ao prefeito Gilmar Olarte (PP). “Ainda vamos conversar para saber o que é melhor para o partido”, afirmou.

Perguntado sobre a questão de ter cometido infidelidade partidária, Betinho, que foi eleito pelo PRB, mas estava sem partido, explicou que enquanto suplente manteve-se fiel a legenda. “Fui abonado pelo partido quando sai. Como estava sem partido, não caracteriza infidelidade”, disse.

Betinho é líder sindical e técnico de segurança do trabalho. Ele tem formação em Teologia e no próximo ano conclui graduação em serviço social, área que o motivou a ingressar na carreira política. O suplente foi candidato a deputado estadual no ano passado e obteve 2.928 votos

O presidente da Câmara, Mario Cesar (PMDB) disse que Betinho também irá assumir o posto de Alceu Bueno em algumas comissões da Casa, como a de Obras. Ele também pontuou que a Câmara mudou de perfil, agregando mais partidos, pessoa e segmentos.

Suplentes

Nessa legislatura, sete suplentes chegaram a assumir o cargo de vereador. O primeiro deles foi Marcos Alex (PT), na sequência veio Juliana Zorzo (PSC), Magali Picarelli (PMDB), Loester Nunes (PMDB), José Chadid (sem partido) e agora Betinho, pelo PRB.

As alterações ocorreram mediante a eleição dos titulares para outros cargos eletivos ou titularidades em secretarias do município e agora, devido a renúncia de Alceu Bueno.

Com 1.962 votos, segundo suplente vai lutar no TRE por vaga de Alceu
A vaga de Alceu Bueno, que renunciou ao posto de vereador na Câmara Municipal de Campo Grande após denúncia de exploração sexual de adolescentes, ser...
Suplente de vereador não comenta cassação e diz que aguarda Justiça
O pedido de indiciamento do vereador Alceu Bueno (PSL), por favorecimento à exploração sexual de adolescentes, é considerado por seu suplente, Robert...
Renúncia ou cassação deve levar novo suplente à Câmara
Constrangimento – O indiciamento do vereador Alceu Bueno (PSL) causou constrangimento aos vereadores de Campo Grande. Considerado “homem de Deus” até...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions