A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

11/05/2017 12:20

Buscas se concentraram em benefícios fiscais anteriores a 2014, diz secretário

Polícia Federal apreendeu documentos na Sefaz (Secretaria Estadual de Fazenda) na manhã desta quinta-feira (11)

Richelieu de Carlo e Yarima Mecchi
Márcio Monteiro, secretário estadual de Fazenda. (Foto: Marina Pacheco)Márcio Monteiro, secretário estadual de Fazenda. (Foto: Marina Pacheco)

As buscas realizadas por agentes da Polícia Federal e CGU (Controladoria-Geral da União) foram focadas no setor de incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em anos anteriores a 2014. A informação é do secretário de Fazenda, Márcio Monteiro, que acompanhou os trabalhos na sede da pasta na manhã desta quinta-feira (11).

A procura terminou às 11h30, quando os agentes saíram com diversos documentos apreendidos na Sefaz (Secretaria Estadual de Fazenda). “Na realidade é uma busca e apreensão de documentos a processos iniciados anterior a 2014 com relação algumas empresas que tiveram incentivo fiscal”, explicou Márcio Monteiro.

O secretário acompanhou os agentes junto com um procurador do Estado. Segundo Monteiro, havia uma lista com as empresas investigadas, entre elas a JBS e Eldorado, mas não foi possível indicar todas por se tratar de uma “relação grande” de processos de companhias beneficiadas.

As apreensões fazem parta da 4º fase da Operação Lama Asfáltica deflagrada na manhã desta quinta. A Polícia Federal desencadeou o cumprimento de 44 mandados, sendo de prisão, condução coercitiva, e busca e apreensão em quatro cidades de Mato Grosso do Sul e outros dois estados.

Veja na íntegra o que disse Márcio Monteiro, secretário estadual de Fazenda.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions