A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

07/12/2016 13:26

Câmara vota projeto que cria local para eventos de motociclistas na Capital

Proposta também prevê criação de local para eventos de som automotivo

Richelieu de Carlo
Vereadores votam cinco projetos e um veto do Executivo na sessão desta quinta-feira (8). (Foto: Richelieu de Carlo)Vereadores votam cinco projetos e um veto do Executivo na sessão desta quinta-feira (8). (Foto: Richelieu de Carlo)

Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande votam cinco projetos e um veto do Executivo na sessão desta quinta-feira (8). Entre eles, a proposta que autoriza a Prefeitura a criar um local adequado destinado a eventos de som automotivo e encontro de motociclistas na Capital.

O autor do projeto, vereador Ademar Vieira Junior, o Coringa (PSD), justificou que na cidade existem muitos motociclistas e pessoas amantes do som automotivo e, por não possuírem um local adequado destinado aos encontros, realizam eventos em locais inapropriados, sem a devida segurança gerando incomodo e transtornos para a população.

“O projeto de lei visa regularizar esta situação, reservando um local adequado destinado à realização destes eventos, propiciando desta forma aos amantes do som automotivo e motociclistas a oportunidade de realizar suas atividades de forma segura”, explicou o vereador.

A proposta está em segunda votação e discussão, assim como o projeto de lei que denomina área verde situada entre as Ruas da Prata, Lino Villachá e Avenida Cândido Garcia de Lima, no bairro Nova Lima. E também o que declara de utilidade pública municipal o “Instituto Arara Azul”.

Caso sejam aprovados, os projetos são encaminhados ao prefeito Alcides Bernal (PP), para sua sanção e publicação no diário oficial do município.

Em primeira discussão e votação os parlamentares votam outros dois projetos. O projeto de lei que dispõe sobre a inclusão da disciplina de educação para o trânsito no currículo das escolas da Rede Municipal de Ensino.

E o projeto que autoriza o Poder Executivo a assegurar a prevenção, detecção e tratamento dos cânceres do colo uterino e de mama às mulheres com deficiência, no SUS (Sistema Único de Saúde).

Em única discussão e votação os vereadores analisam o veto total ao projeto de lei complementar que assegura como item obrigatório na cesta básica a inclusão de escova dental infantil e adulta, creme dental e fio dental.

Câmara apressa votação de projeto que isenta imposto sobre tarifa de ônibus
"Vamos votar ainda este ano, antes do recesso parlamentar", garante o presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador João Rocha (PSDB), sob...
Concurso de Câmara com 15 vagas inscreve até o dia 16 de dezembro
Câmara Municipal de Bonito, está com 15 vagas abertas em concurso público com salários de até R$ 7.219,27. As inscrições devem ser realizadas até o d...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions