ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  20    CAMPO GRANDE 24º

Política

Com 18 por vaga, eleição para vereador tem até disputa entre pai e filha

Lia Nogueira, que assumiu como suplente em 2019, terá o pai “Zé Baiano” entre concorrentes

Por Helio de Freitas, de Dourados | 29/09/2020 17:17
Lia Nogueira fala na tribuna da Câmara; 346 concorrentes, um deles o próprio pai (Foto: Arquivo)
Lia Nogueira fala na tribuna da Câmara; 346 concorrentes, um deles o próprio pai (Foto: Arquivo)

A eleição para a prefeitura e para a Câmara de Vereadores tem recorde de candidatos em Dourados, segunda maior cidade de Mato Groso do Sul, localizada a 233 km de Campo Grande.

Além dos sete postulantes à cadeira ocupada desde janeiro de 2017 pela prefeita Délia Razuk (sem partido), que desistiu de buscar a reeleição, Dourados tem 347 candidatos a vereador.

O número é quase 60% maior do que os 228 candidatos registrados há quatro anos. A concorrência é de 18,2 postulantes para cada uma das 19 vagas do Legislativo douradense. O município tem 164.395 eleitores aptos a votar em 15 de novembro de 2020.

A briga por uma vaga na Câmara de Dourados promete ser tão acirrada que vai colocar como rivais nas urnas até pai e filha. A jornalista Lia Nogueira, filiada ao Progressistas, terá entre seus 346 rivais o pai, o comerciante José Arimatéa Mendonça Nogueira, 67, o “Zé Baiano”.

Lia Nogueira vai para a segunda eleição. Em 2016, filiada ao então PR (atual PL), ela ficou como segunda suplente e no ano passado assumiu o mandato por alguns meses, após a cassação do titular Braz Melo e a prisão da então primeira suplente Denize Portolann (atualmente filiada ao PSDB e candidata à vereadora neste ano).

Zé Baiano terá a filha entre adversários (Foto: Reprodução/TSE)
Zé Baiano terá a filha entre adversários (Foto: Reprodução/TSE)

Já o comerciante Zé Baiano vai disputar a terceira eleição. Atualmente filiado ao Solidariedade, ele concorreu a vereador pelo PV em 2012 e a deputado estadual em 2014, pelo PRB. Nunca foi eleito.

Pai e filha não vão se enfrentar apenas na disputa por vaga na Câmara. Os dois também estão de lados opostos na eleição para prefeito de Dourados.

Lia Nogueira pertence ao Progressistas, que tem como candidato a prefeito o atual presidente da Câmara Alan Guedes. O Solidariedade de Zé Baiano é uma das legendas que apoiam a candidatura do deputado estadual José Carlos Barbosa, do DEM.

Lia Nogueira e Zé Baiano formam o universo de 348 candidatos que pediram registro na Justiça Eleitoral. Quinze deles vão tentar a reeleição.

Além de Alan Guedes, que concorre para prefeito, outros três atuais vereadores desistiram de tentar outro mandato: o atual gerente regional da Sanesul Madson Valente (DEM) e os veteranos políticos Idenor Machado (PSDB) e Alberto Alves dos Santos, o Bebeto (PTB).

Homens e mulheres – De todos os candidatos a vereador, 231 são homens e 116 são mulheres. Apenas um candidato declarou nome social.

Os sete candidatos a prefeito são homens e apenas dois têm mulheres como suplentes: João Carlos (PT) tem como vice Lourdes Castro (PT) e Hacib Harb do Republicanos escolheu Dilvania Todescato, do mesmo partido.

Conforme a estatística divulgada no site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o DEM tem o maior número de candidatos em Dourados: são 29 a vereador e um a prefeito. Em segundo aparece o Republicanos com 29 – 27 a vereador e dois ao Executivo.

O penúltimo da lista é o PSOL, que lançou apenas três candidatos a vereador. A “lanterna” ficou para o Partido Liberal, que tem apenas um candidato, o médico Guto Moreira, vice na chapa encabeçada por Alan Guedes.

Sede da Câmara de Dourados; 347 candidatos disputando 19 vagas (Foto: Arquivo)
Sede da Câmara de Dourados; 347 candidatos disputando 19 vagas (Foto: Arquivo)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário