A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019

21/05/2019 10:48

Com cenário difícil, governador diz que diálogo sobre reajuste está aberto

“Temos que ter cuidado com o aumento de despesas”, afirma Reinaldo

Aline dos Santos e Leonardo Rocha
Reinaldo, ao lado da primeira-dama Fátima Azambuja, participou da campanha do agasalho.  (Foto: Leonardo Rocha)Reinaldo, ao lado da primeira-dama Fátima Azambuja, participou da campanha do agasalho. (Foto: Leonardo Rocha)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) afirma que o diálogo sobre reajuste com os servidores continua em aberto, mas voltou a ponderar que só pode aumentar despesa mediante ampliação da receita.

“O nosso cenário econômico está muito difícil, temos que ter cuidado com o aumento de despesas porque pode implicar em não cumprir as nossas obrigações. Mas o diálogo continua aberto”, afirma o governador.

Nesta terça-feira (dia 21), Reinaldo participou do Dia de Mobilização da campanha do agasalho, em evento na Governadoria.

O governo informou aos servidores que não tem condições financeiras de reajustar os salários e chegou a anunciar o fim do pagamento de abono, política de remuneração adotada desde 2006 para 37,7 mil servidores.

Com protesto do funcionalismo público, as negociações forma retomadas e o Poder Executivo enviou projeto para a Assembleia Legislativa prorrogando o pagamento do benefício, com valor de R$ 100 a R$ 200, até 31 de maio.

A administração estadual informa que é pressionada pela LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal), que define limites para gasto com pessoal.

A projeção de gastos em 2019, sem considerar reajustes, contratações, nomeações e outros adicionais, chega a R$ 8,587 bilhões.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions