ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEXTA  27    CAMPO GRANDE 28º

Política

Com mais um registro, Capital volta a ter 15 candidatos a prefeito

Cenário segue o que foi definidos nas convenções, apenas com mudança de candidato no PSL

Por Leonardo Rocha | 05/10/2020 09:25
Sede do TRE-MS, no Parque dos Poderes, em Campo Grande (Foto: Paulo Francis - Arquivo)
Sede do TRE-MS, no Parque dos Poderes, em Campo Grande (Foto: Paulo Francis - Arquivo)

O estudante Thiago Assad (PCO) conseguiu registrar oficialmente sua candidatura, com isto Campo Grande volta a ter 15 concorrentes ao cargo de prefeito da cidade. Agora caberá a Justiça Eleitoral analisar os nomes e definir quem estará apto a participar do pleito no dia 15 de novembro.

Ao final do prazo de registros (candidatura), no dia 26 de setembro, o nome de Thiago não constava entre os concorrentes à prefeitura. Ele informou ao Campo Grande News que já tinha enviado a documentação e que esperava a liberação. “Já acionei o meu jurídico, para saber o que aconteceu”.

Na semana passada, quando começou a campanha eleitoral, o nome de Thiago não constava na lista, porém agora já está entre os concorrentes ao pleito, junto com seu vice, Carlos Martins Júnior (PCO), que é professor da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

Desta forma segue o cenário eleitoral confirmado nas convenções partidárias. A única mudança é no PSL, que tinha antes o deputado federal, Loester Carlos (PSL), o “Tio Trutis”, como candidato a prefeito, e agora por meio de liminar na Justiça,  a vaga está com o vereador Vinícius Siqueira (PSL).

Este “impasse” dentro do PSL reflete inclusive no registro de candidaturas do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), já que tanto Loester, como Siqueira, estão na lista dos candidatos a prefeito, no entanto em função da decisão da juíza Joseliza Alessandra Vanzela Turine, por enquanto o vereador está com a vaga.

Além de Siqueira e Assad, concorrem ao pleito na Capital: Marquinhos Trad (PSD), Pedro Kemp (PT), João Henrique Catan (PL), Márcio Fernandes (MDB), Dagoberto Nogueira (PDT), Marcelo Miglioli (SD), Sérgio Harfouche (Avante), Paulo Matos (PSC), Esacheu Nascimento (PP), Cris Duarte (PSOL), Sidnéia Tobias (Podemos), Guto Scarpanti (Novo) e Marcelo Bluma (PV).

Já na disputa ao cargo de vereador, são 774 nomes registrados na Capital, em busca de 29 vagas na Câmara Municipal. Deste grupo, duas mulheres já desistiram da disputa: Rosana Anunciação (PP) e Sandra Sena de Souza (PP). Neste pleito a maioria dos partidos lançou chapa “completa” para o cargo, já que foram proibidas as coligações proporcionais.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário