ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUARTA  30    CAMPO GRANDE 31º

Política

Com mais um teste, urnas vão vir de helicóptero para votação paralela

Duas urnas serão trazidas de helicóptero de Ribas do Rio Pardo e Bandeirantes

Por Aline dos Santos | 27/10/2018 11:34
Com mais um teste, urnas vão vir de helicóptero para votação paralela
Helicóptero vai buscar urnas em municípios do interior. (Foto: Henrique Kawaminami)
Helicóptero vai buscar urnas em municípios do interior. (Foto: Henrique Kawaminami)

Véspera do segundo turno das Eleições 2018, o sábado (dia 27) teve sorteio de urnas no TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral) para procedimentos de segurança: auditoria em tempo real e fiscalização paralela.

Duas urnas serão trazidas de helicóptero de Ribas do Rio Pardo e Bandeirantes. Junto a uma terceira, já em Campo Grande, elas serão utilizadas na votação paralela, que acontece amanhã no tribunal, no mesmo horário da votação oficial.

“As cédulas já estão anotadas com o nome dos candidatos. Tira-se a cédula da sacola de lona e registra o voto. Isso é filmado. No final, nós vamos fazer a contagem dos votos, totalizar e contar os votos no papel para ver se corresponde. É sorteada a urna aleatoriamente para ver se o teclado responde ao que está sendo digitado”, afirma o presidente do TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral), desembargador João Maria Lós. A votação paralela foi instituída em 2002.

Nas Eleições 2018, a novidade foi o teste de integridade da urna. Para tanto, neste sábado também foram sorteadas três equipamentos de Campo Grande para auditoria. O juiz eleitoral e servidor do cartório vão ao local de votação e verificam se os sistemas das urnas são os mesmos lacrados pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) no mês de setembro.

A verificação de integridade serão em urnas da escola estadual professora Zélia Quevedo Chaves, escola estadual José Barbosa Rodrigues e Facsul. “O sorteio visa demonstrar a lisura do processo eleitoral, com urnas sorteadas aleatoriamente”, afirma o presidente do TRE.

Com mais um teste, urnas vão vir de helicóptero para votação paralela
Regras de comentário