A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Agosto de 2017

10/08/2017 12:47

Comissão quer presença do Ministério da Saúde em reunião da Santa Casa

Reunião pode definir novo contrato entre poder público e hospital

Leonardo Rocha
Deputado Paulo Siufi, presidente da comissão de saúde, falou sobre reunião da Santa Casa (Foto: Victor Chileno/ALMS)Deputado Paulo Siufi, presidente da comissão de saúde, falou sobre reunião da Santa Casa (Foto: Victor Chileno/ALMS)

O presidente da comissão de saúde da Assembleia, o deputado Paulo Siufi (PMDB), articula a vinda de uma representante do Ministério da Saúde, para participar da reunião entre Santa Casa, governo estadual e Prefeitura de Campo Grande, que será marcada na semana que vem. A intenção é fechar um novo contrato com o hospital.

Siufi vai entrar em contato com Cleusa Rodrigues da Silveira Bernardo, que faz parte do Ministério da Saúde, para participar desta reunião, que será mediada pela Assembleia Legislativa. "Estamos aguardando a resposta dela, para confirmarmos o dia e horário do encontro, que tem grandes chances de ser firmar um acordo, sobre novo contrato".

O diretor-presidente da Santa Casa, Esacheu Nascimento, afirmou ontem (09), que a intenção é que haja o repasse mensal de mais R$ 3 milhões, além do pagamento destes valores até o 5° dia útil, para que além de diminuir o déficit do hospital, ainda consiga cumprir as obrigações no prazo, em relação a tributos e pagamento de funcionários.

A Santa Casa recebe atualmente por volta de R$ 20 milhões, sendo R$ 14 milhões do governo federal, R$ 4 milhões da prefeitura e mais R$ 2 milhões o governo estadual. O impasse é o executivo municipal quer que em um eventual aumento, o valor extra seja dividido de forma igualitária com o governo.

Já o governo estadual já se manifestou a favor de um acordo, para repassar R$ 1 milhão a mais, ficando os outros R$ 2 milhões para a prefeitura. "Entendemos que a Santa Casa recebeu muitos pacientes do interior do estado, por isso defendo que seja igualitária a divisão deste repasse extra", disse Siufi.

Na reunião de ontem (09), na Assembleia Legislativa, ficou decidido que neste novo encontro, vai ter a participação dos secretários de saúde e finanças, do governo e prefeitura, além do convite para que Marquinhos Trad (PSD) e o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) participem da discussão.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions