A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

22/03/2009 09:54

Corguinhense lamenta gasto com eleição suplementar

Redação

O sentimento entre muitos dos eleitores que foram às urnas neste domingo em Corguinho era de descontentamento com o que consideram "ação tardia" da Justiça Eleitoral, que culminou na eleição suplementar no município.

O pleito teve de ser refeito porque o vencedor na eleição passada teve sua candidatura impedida em função de transporte de eleitores, considerado crime eleitoral, mas há nove anos, nas eleições de 2000.

Nesta manhã toda a estrutura para uma nova eleição foi montada, arregimentando servidores do TRE, policiais federais, civis, militares e fiscais.

A estimativa é de custo de R$ 23 mil , nos cálculos do TRE, com 3.154 eleitores convocados.

Ricardo Alexandre Lima da Silva, 32 anos, classificou a eleição suplementar como "uma vergonha". Ele lembrou que desde o início da campanha já se sabia que o candidato que ia concorrer tinha restrições e, em sua opinião, a Justiça Eleitoral não deveria sequer ter permitido sua participação no pleito.

Ele acredita que o gasto extra com a estrutura para a eleição poderia ter sido evitado, assim como o transtorno à população.Logo cedo grandes filas se formavam no principal colégio eleitoral, no centro urbano da cidade.

O eleitor disse que espera que o próximo prefeito "governe para a população de Corguinho e não somente para um grupo de pessoas", como, segundo ele, aconteceu na administração passada.

"

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions