A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

08/05/2013 12:18

Definições da CPI da Saúde devem sair na próxima sexta-feira

Jéssica Benitez
Presidente apresentará definições de CPI da Saúde na próxima sexta-feira (Foto: Simão Nogueira)Presidente apresentará definições de CPI da Saúde na próxima sexta-feira (Foto: Simão Nogueira)

Na próxima sexta-feira os cinco integrantes que devem compor a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Saúde na Câmara Municipal serão anunciados, cumprindo o prazo de 48 horas para definições da comissão, conforme está no regimento da Casa de Leis. Além disso, o presidente da Mesa Diretora, vereador Mario Cesar (PMDB), anunciará o tempo de duração que a CPI terá para concluir a investigação e intregar relatório.

“Ainda não sabemos quais vereadores integrarão a CPI, mas alguns já disseram que não querem participar”, revelou o peemedebista sem citar nomes. O presidente associa a retirada de alguns colegas à densidade de compor uma comissão de inquérito. “Essa será a primeira CPI de Campo Grande, é uma grande responsabilidade. O remédio mais amargo, como já disse João Rocha”, alegou.

Em contrapartida, a vereadora Luiza Ribeiro (MD), primeira a solicitar a criação de uma CPI para apurar a “Máfia do Câncer”, já adiantou que está disposta a fazer parte da comissão. “Quero participar porque posso contribuir”, justificou Luiza.

Formação – Conforme o regimento, o responsável por definir os cinco nomes é o presidente da Casa com base na proporcionalidade partidária. Para não prejudicar as siglas que têm apenas um vereador, ele fará reunião com as lideranças objetivando formar a CPI por meio de consenso. “Acho que assim ficará mais democrático”, explicou.

Outra alternativa seria a formação de um bloco com partidos menores para que as legendas tenham mais representatividade na hora de compor a comissão. “Mas não é possível montar um bloco somente para tratar da CPI. Se houver bloco os partidos deverão permanecer juntos até o fim da legislatura”, finalizou o peemedebista.

 

Após escândalo, Câmara aprova CPI para investigar dois hospitais
A Câmara Municipal aprovou na sessão desta terça-feira (7) a criação da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar o Hospital Universitá...
Bernal confia em CPI e Marcos Alex diz que abertura é irreversível
O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), e o líder dele na Câmara dos Vereadores, Marcos Alex (PT), acreditam que uma CPI da Saúde será insta...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions