A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Agosto de 2017

26/09/2013 13:41

Deputado diz que após reuniões, PDT deve "acelerar" decisão sobre 2014

Leonardo Rocha
Deputado diz que PDT deve decidir em breve quem irá apoiar em 2014 (Foto: Divulgação)Deputado diz que PDT deve decidir em breve quem irá apoiar em 2014 (Foto: Divulgação)

O deputado estadual Felipe Orro (PDT) afirmou que após as reuniões que o PDT irá fazer com os pré-candidatos ao governado estadual Delcídio do Amaral (PT) e Nelsinho Trad (PMDB), o partido deve acelerar as discussões e decidir qual parceria será feita em 2014.

“Iremos ouvir hoje o Delcídio (Amaral) e o Nelsinho (Trad) amanhã e o nosso presidente estadual já ouviu o Reinaldo (Azambuja) antes, por isso após as definições dos partidos em outubro, creio que também chegaremos a uma decisão”, destacou ele.

Segundo o deputado, será uma escolha coletiva onde o PDT deve ouvir todos os filiados antes de fechar as alianças. “Não haverá imposição, tudo está sendo discutido com a maior transparência possível”, explicou.

Orro voltou a dizer que a escolha do parceiro irá depender da aceitação dos pré-candidatos em relação à cartilha de doze itens do partido, que foi divulgada no último dia 17 deste mês. “Nós já apontamos nossas condições, resta saber se eles vão aceitar e firmar um compromisso conosco”, avaliou.

Entre os principais pontos desta cartilha, está a valorização de políticas que defendam os princípios trabalhistas, bandeira tradicional do partido, além da autonomia financeira da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul).

Ele ainda citou o desenvolvimento econômico sustentável, serviços públicos de qualidade, programas de capacitação profissional, compromisso com agricultura familiar e fortalecimento do municipalismo.

Posição – O ex-deputado federal Dagoberto Nogueira havia afirmado que o PDT seguiria a parceria construída na última eleição municipal em Campo Grande com o PMDB, se o governador André Puccinelli (PMDB) fosse o candidato ao senado.

Já o deputado estadual Felipe Orro (PDT) afirmou que maioria do partido tinha se posicionado a favor de uma parceria com Delcídio, mas que não havia uma definição e a legenda iria ouvir todas as propostas antes de decidir a aliança que seria feita em 2014.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions