ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  19    CAMPO GRANDE 22º

Política

Deputado pede recuperação de 30 km de estrada entre Sidrolândia e Quebra Coco

Márcio Fernandes levou à Assembleia solicitação apresentada por moradores de distrito, preocupados com o excesso de buracos e falta de sinalização na via

Por Humberto Marques | 29/05/2018 14:48
Márcio Fernandes recebeu reclamações de moradores sobre dificuldades para trafegar na MS-162. (Foto: Victor Chileno/ALMS)
Márcio Fernandes recebeu reclamações de moradores sobre dificuldades para trafegar na MS-162. (Foto: Victor Chileno/ALMS)

O deputado estadual Márcio Fernandes (MDB) solicitou à Seinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura) que sejam providenciados reparos e a sinalização da rodovia estadual Geraldo Corrêa da Silva, a MS-162, no trecho de cerca de 30 quilômetros entre Sidrolândia –a 71 km de Campo Grande– e o distrito de Quebra Coco.

Pavimentada em 2011, a estrada recebe um alto número de veículos de carga e também de passageiros e, conforme o parlamentar, está em condições precárias, oferecendo riscos de acidentes por conta de buracos e da falta de sinalização. A indicação foi apresentada a partir de pedido do vereador Jonas Rodrigues (MDB), apresentado à Câmara de Sidrolândia, e de moradores que usam diariamente a via.

“Estamos esperando há muito tempo a recuperação dessa estrada. Já fizeram vários tapa-buracos, mas precisamos de uma recuperação geral até o rio São Pedro”, disse Jonas. “Mesmo com a manutenção, ainda há muitos buracos e demanda sinalização. Todos os dias passa transporte rodoviário de trabalhadores que moram na aldeia, da JBS e da prefeitura”, prosseguiu.

O pavimento vem sendo castigado, ainda segundo Jonas, pelo grande número de veículos de carga na região –a MS-162 liga Sidrolândia a Maracaju, tornando-se rota quase obrigatória de produtos agropecuários.

“São caminhões boiadeiros, de carga e ração, e dos aviários da região. Agora tem o abatedouro, que tem capacidade para 600 bois por semana, e está usando muito a estrada”, destacou o vereador, ao pedir também uma melhor sinalização na via, incluindo na entrada do assentamento Geraldo Garcia.