ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  18    CAMPO GRANDE 35º

Política

Deputados de MS voltam ao trabalho na terça para votar projeto “sem validade”

Também deve ser discutida proposta que aumenta equipe em delegacias da mulher no interior

Por Adriel Mattos | 01/08/2021 16:40
Parlamentares voltam ao plenário após 15 dias de recesso. (Foto: Wagner Guimarães/Alems)
Parlamentares voltam ao plenário após 15 dias de recesso. (Foto: Wagner Guimarães/Alems)

A Alems (Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso do Sul) retoma na terça-feira (2), as sessões plenárias mistas, após o recesso. Três projetos de lei estão pautados para a primeira Ordem do Dia do segundo semestre.

Entre eles, está a proposta de Renan Barbosa Contar, conhecido como Capitão Contar (PSL), que estabelece os restaurantes como prestadores de serviço essencial durante a pandemia de Covid-19. A matéria deve ser analisada em primeira discussão.

Porém, na semana passada, o Governo do Estado autorizou uma grande flexibilização, permitindo a retomada de todas as atividades econômicas, desde que seja observada a limitação de público conforme a bandeira do Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança na Economia).

Ainda devem ser votados outras três proposições. De Renato Câmara (MDB), projeto declara de utilidade pública a Assiped (Associação Supera Sidrolandense de Pessoa com Deficiência); matéria apresentada por Marçal Filho (PSDB) amplia a equipe feminina nas Delegacias de Atendimento à Mulher do interior; e proposta de Lucas de Lima (Solidariedade) pede afixação de cartazes para conscientizar sobre a importância de tomar a segunda dose da vacina contra o novo coronavírus.

Os deputados estaduais estavam de recesso desde o mês passado. As sessões são realizadas de forma mista, ou seja, podem ir ao plenário, apenas aqueles que desejarem, tendo a alternativa de participar por videoconferência.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário