A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

25/02/2018 12:50

Eldorado é pivô em escândalo envolvendo Temer e obra em SP

Delator afirma que presidente atuou para liberar empreendimento, que estava parado

Kleber Clajus
Delator da JBS, Ricardo Saud revelou ajuda de Temer para destravar obras de terminal de cargas da Eldorado em Santos (Foto: Divulgação)Delator da JBS, Ricardo Saud revelou ajuda de Temer para destravar obras de terminal de cargas da Eldorado em Santos (Foto: Divulgação)

 A Eldorado Celulose, empresa sediada em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande,  estaria envolvida, conforme a TV Globo, em inquérito da Polícia Federal que apura se o presidente Michel Temer (MDB) beneficiou a empresa Rodrimar ao decretar a prorrogação de contratos de concessão do porto de Santos, em maio do ano passado.

Fabricante de celulose do grupo J&F, a Eldorado fez negócios com a Rodrimar para utilizar um terminal de cargas destinado ao escoamento de sua produção em Mato Grosso do Sul. Obras, no entanto, atrasaram e chegaram a ser embargadas pela Codesp (Companhia de Docas de São Paulo). A liberação acabou relatada pelo delator da JBS, Ricardo Saud.

Em delação premiada, Saud disse que "visitou, então, Michel Temer, na vice-presidência da República [anexo do Palácio do Planalto] e pediu sua intervenção. Temer disse que entraria em contato com a diretoria da Codesp para resolver o problema. Uma semana depois a Codesp levantou o embargo". O ex-executivo depôs, em 16 de fevereiro, à Polícia Federal.

No contrato original entre Eldorado e Rodrimar, conforme Saud, havia prevista aquisição de um terminal e eventual junção com outros dois adjacentes da Rodrimar. O investimento, no entanto, dependia de autorizações da Antaq (Agência Nacional de Transporte Aquaviários), Secretaria dos Portos e Codesp. As reuniões com Temer visavam acelerar o processo.

Obra embargada - Saud revelou ainda que o embargo à obra do Terminal da Eldorado foi no início da obra, como possível retaliação por serem outsiders no meio portuário. Ele chegou a acionar Milton Hortolan, apontado como ligado a Wagner Rossi e Temer pode ter atuação no porto, porém mesmo recebendo R$ 20 mil mensais o mesmo não resolveu o problema.

Diante do resultado negativo, o depoente foi a Brasília (DF) munido de documentos da obra para reunir-se com o então vice-presidente em busca de auxílio. "Temer fez anotações sobre o caso e pediu um prazo, pois iria entrar em contato com a diretoria da Codesp", disse Saud, que dias depois recebeu ligação de um dos diretores da Eldorado Celulose informando que o problema estava resolvido e a obra "a pleno vapor", podendo trabalhar até durante a noite.

Ofício enviado pelo delegado Cleyber Malta Lopes, na semana passada, solicitou mais 60 dias para concluir o inquérito sobre o decreto que estendeu a concessão do porto paulista. Ele argumentou que desde dezembro de 2017 aguarda medidas "imprescindíveis" da PGR (Procuradoria-Geral da República) para esclarecer eventuais atos de corrupção ativa/passiva e lavagem de dinheiro, vinculados à edição do decreto dos portos. Já a prorrogação depende do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) e relator do inquérito, Luís Roberto Barroso. 

Michel Temer, segundo a Secretaria de Comunicação da Presidência, jamais teve reunião com Ricardo Saud para tratar sobre a área da Eldorado no Porto de Santos ou interferiu na Codesp em favor da empresa. A PGR pontuou ter quebrado os sigilos fiscal e telefônico de pessoas físicas e jurídicas. Para a Codesp a paralisação das obras no terminal ocorreram por problemas técnicos e foram retomadas assim que estes foram sanados, enquanto a J&F não comenta declarações de colaboradores.

 

Temer assina MP com ações emergenciais para refugiados venezuelanos
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) medida provisória (MP) que trata da assistência emergencial para os venezuelanos que migraram para Roraim...
Em entrevista, Temer nega ter jogado a toalha pela reforma da Previdência
O presidente Michel Temer negou hoje (2) ter desistido da reforma da Previdência. Em entrevista ao programa RedeTV News, na noite desta sexta-feira, ...
Defesa de Temer entrega ao STF respostas a questionamentos da PF
A defesa do presidente Michel Temer enviou hoje (18) ao Supremo Tribunal Federal (STF) as respostas por escrito às perguntas feitas pela Polícia Fede...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions