A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

12/06/2013 14:05

Eleitor de Jardim, Bela Vista, Caracol e Figueirão tem canal para denúncia

Zemil Rocha
Além de votar, eleitor pode contribuir com a lisura dos pleitos eleitorais (Foto: Arquivo)Além de votar, eleitor pode contribuir com a lisura dos pleitos eleitorais (Foto: Arquivo)

Os eleitores de Jardim, Figueirão, Bela Vista e Caracol, que irão escolher novos prefeitos e vice-prefeitos nas eleições suplementares do dia 7 de julho, podem fazer denúncias de irregularidades na campanha através da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS). A entidade disponibiliza um canal para o registro de denúncias nos pleitos.

A Comissão Especial de Acompanhamento Eleitoral da OAB/MS recebe as denuncias via site ou por telefone e as encaminha para o Ministério Público. O site é o www.eleicoeslimpas.oabms.org.br, com o registro podendo ser feito através do preenchimento de formulário próprio, e o telefone tem o número (67) 9987- 9235, recebendo informações por voz ou mensagens.

A presidente da Comissão, Nilmare Daniele da Silva Irala, explica que o denunciante não precisa se identificar. . “Garantimos o anonimato do denunciante”, declarou ela, acrescentando que as denúncias podem ser feitas antes, durante e após as eleições. O denunciante pode acompanhar o andamento sobre a denúncia através do site Eleições Limpas.

Nas eleições suplementares, a Comissão Especial da OAB também fará a nomeação de um membro para acompanhar pessoalmente o pleito no dia 7 em cada um dos quatro municípios. Para acompanhar o processo eleitoral, a Comissão participa ainda de reuniões com o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS), Atapoã da Costa Feliz, e com o procurador-geral da Justiça, Humberto de Matos Brittes. “Queremos enfatizar que a Comissão está à disposição destas instituições, para a realização das eleições com transparência e lisura”, disse Nilmare.

O site Eleições Limpas também tem informações sobre as eleições nos municípios, como a relação de candidatos, relação de inelegíveis, calendário eleitoral e legislação.

 

 



Acredito que os fraudadores cassados deveriam arcar com os custos de novas eleições.
 
Janaê Pereira em 17/04/2014 19:35:41
É UMA VERGONHA,TUDO DE NOVO?NÃOOOOOOO CIRCO PALHAÇOS E NÓIS NO CENTRO DO PICADEIRO ACHANDO GRAÇA E PAGANDO TUDO.VAMO VÊ A´TE ONDE NÓIS VAI?
 
WILSON FERNANDES CARVALHO em 14/06/2013 16:16:18
Lendo esta matéria, fico "indignado e perplexo" com a tamanha da falta de RESPEITO com o cidadão Brasileiro, vulgo "Eleitor" aqui denominado "Otário". Quem vai "custear" a despesa(s) destes Eleitôres que residem longe de sua Zona de Votação???. Tôdos sabem que nestes municípios grande parte dos eleitores residem na zona rural. Entre despesas de combustível, lanche, surtido(prato feito) etc. devem ter um PREJUIZO de no mínimo R$ 100,00 por cabeça. É melhor, e mais saudável não irem votar,desta forma não vão ser penalizados. Até porque, estes eleitores não tem culpa nenhuma deste CIRCO armado pelos "competentes" membros dos poderes Legislativo e Judiciário. Aliás, é melhor 'NINGUEM" ir votar.Assim, quem sabe alguma coisa melhora, a não ser que voçê queira ser taxado de Otário. Eu heim!!!!
 
Francisco Braz em 12/06/2013 15:15:05
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions