A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

20/06/2015 10:23

Em nota, executiva do PT lamenta saída de Ruiter e rebate críticas

Michel Faustino
PT diz que Ruiter só chegou ao alto escalão do governo estadual graças ao partido. (Foto: Divulgação)PT diz que Ruiter só chegou ao alto escalão do governo estadual graças ao partido. (Foto: Divulgação)

O anuncio de desfiliação do ex-prefeito, Ruiter Cunha de Oliveira, do PT-MS (Partido dos Trabalhadores), parece ainda não ter sido “digerido” pelos dirigentes da sigla. Em nota, a executiva municipal de Corumbá lamentou a decisão e rebateu as criticas feitas pelo ex-petista.

Ruiter formalizou sua saída do PT na quinta-feira (18), alegando que há alguns meses não vem se identificando com o partido e está fora da órbita petista. “Não é bom sentir-se um estranho no ninho. Refiro-me a ideais rompidos, a sonhos que deixamos de sonhar juntos”, apontou, apesar de ao mesmo tempo, isentar os amigos que fez e que ainda mantém dentro do partido.

O ex-prefeito revelou ainda que se sente como “aquele jogador cheio de garra e com alguma técnica e experiência que poderiam ser aproveitadas, mas o técnico (lideres) escolhe deixar sempre no banco reserva”.

“Ao contrário das suas afirmações, o PT nunca o tratou como um estranho no ninho e muito menos como um jogador no "banco dos reservas". A sua trajetória política foi construída com o suor e dedicação de militantes aguerridos e com o apoio incondicional de lideranças locais e estaduais”, diz trecho da nota.

Anda segundo a nota, o PT e a sua militância sempre prestigiaram e apoiaram Ruiter, desde quando era um servidor público anônimo no fisco estadual e, depois, graças ao Partido, chegou ao alto escalão do governo estadual, foi eleito e reeleito prefeito de Corumbá e, em 2014, recebeu amplo e irrestrito apoio de todo o Partido em sua caminhada como candidato a deputado estadual.

“O que nos causa estranheza, e até mesmo tristeza, é ver tão claramente que a busca insana do poder pelo poder leva a mudanças tão radicais e inexplicáveis. Apesar de todo o suporte de nossas militâncias e lideranças, que ajudaram irrestritamente a viabilização de projetos e recursos para que Ruiter pudesse administrar a nossa querida Corumbá, agora que o cenário político se mostra adverso, a saída mais cômoda foi procurar aqueles que ora estão no poder estadual”, diz outro trecho.

O documento é finalizando dizendo que apesar dos motivos apresentados, o partido entende as razões reais da saída de Ruiter do PT que se devem ao seu projeto pessoal e à ambição eleitoral . “Por essa razão, ele está buscando espaços em outros partidos. Assim, lamentamos profundamente o caminho que ele decidiu por si seguir”, finaliza.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions