A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Agosto de 2017

25/09/2013 19:26

Ex-presidente da CPI, Siufi apresentará pedido de cassação contra Bernal

Zemil Rocha e Zana Zaidan
Assumindo a responsabilidade, Siufi abre mão do voto e vai pedir a cassação de Bernal (Foto: arquivo)Assumindo a responsabilidade, Siufi abre mão do voto e vai pedir a cassação de Bernal (Foto: arquivo)

Entendendo que é preciso dar procedência na Câmara de Campo Grande aos fatos apurados pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Calote, a qual presidiu, o vereador Paulo Siufi (PMDB) anunciou esta noite, pouco antes de começar a reunião do Diretório Municipal peemedebista, que vai ingressar amanhã com “pedido de cassação” contra o prefeito Alcides Bernal (PP).

“Vou perder o meu direito a voto, mas não posso deixar isso passar. Hoje estou aqui com meus companheiros de partido, mas se por acaso a decisão for contrária a essa minha posição, vou contrariar o meu partido com muita dor”, avisou Paulo Siufi.

Pelo Decreto-Lei 201/64, pedido de instauração de Comissão Processante contra prefeito em Câmara Municipal, por prática de crime de responsabilidade, de natureza política, só pode ser feito por cidadão ou vereador. Como vereador, apresentando o pedido de criação da comissão, Siufi ficará impedido de votar pela cassação, tendo de ser substituído pelo primeiro suplente do PMDB.

Para a instauração da Comissão Processante contra o prefeito Alcides Bernal é necessáro apenas maioria simples dos vereadores presentes à sessão, desde que haja a presença de pelo menos 15 na sessão, o mínimo necessário. Nesse caso do mínimo, bastariam 8 votos a favor para se criar a comissão.

Já para a cassação, o Decreto-Lei 201/64 exige a aprovação de dois terços da Câmara, o que no caso da Capital significa o apoio de 20 dos 29 vereadores.

A decisão de Siufi acontece após a rejeição de dois pedidos de instauração de Comissão Processante contra o prefeito da Capital ser rejeitado pela Câmara, ambos feitos pelo presidente do Sindicato dos Servidores Municipais (Sisem), Marcos Tabosa, o primeiro representando a entidade, como pessoa jurídica, e o segundo como pessoa física. 

PMDB analisa relatório – A presidente municipal do PMDB da Capital, vereadora Carla Stephanini, disse que na reunião desta noite será apresentado para os filiados e companheiros todas as irregularidades apuradas no relatório da CPI do Calote contra o prefeito Alcides Bernal. “Vamos analisar tudo que foi levantado no relatório da CPI contra o prefeito e vai ser tomada uma decisão conjunta”, anunciou.

Carla Stephanini avisou que não fará ela própria pedido de instalação de Comissão Processante contra Bernal porque perderia o direito a voto. “E eu quer votar”, declarou.

O presidente estadual do PMDB, Oswaldo Mochi Junior, também presente à reunião, disse que qualquer cidadão pode fazer o pedido de cassação do prefeito, mas adiantou que ele como cidadão não o faria porque poderia “soar como retaliação política”, devido à derrota eleitoral do ano passado do peemedebista Edson Giroto para o progressista Bernal.

 

 




NAO INTERESSA QUEM VAI PEDIR A CASSAÇÃO DESSE CARA NAO DIGO NEM PREFEITO, O CARA PROIBE A IMPRENSA DE IR NOS CEINFS, OBRIGA DIRETORAS A ASSINAR DOCUMENTO DIZENDO QUE TA TUDO EM ORDEM, SE TA LEGAL ELE MESMO DEVERIA LEVAR A IMPRENSA NOS LOCAIS E PROVAR QUE O FALAM NAO E VERDADE, E AINDA TEM GENTE DEFENDENDO ESSE CARA DEVE TA GANHANDO ALGUM PORQUE E SEMPRE OS MESMOS DA LICENÇA A GENTE NAO E OTARIO, TIRA LOGO ESSE CARA DAI PORQUE NAO SABE ADMINISTRAR NEM A PROPRIAA PROFISSÃO DE ADVOGADO.
 
GILMAR BENEDITO em 26/09/2013 10:40:46
Meu Deus até que enfim vereador Paulo Siufi , alguém tem de começar a cassação desse senhor incapaz porque até agora o povo ficou sabendo pelos meios de comunicação que ele só está fraudando o eleitores dessa cidade, vamos terminar com isso logo para nossa cidade começar a crescer e nossas crianças ter comida descente na creches isso é uma vergonha.....
 
Claudia Moraes em 25/09/2013 22:49:19
Se tem fundamento ou não esse pedido de cassação eu não sei, mas posso dizer com propriedade que a FAMÍLIA SIUFI não tem moral nenhuma para apontar erros de ninguém, principalmente esse vereador que, conforme apurado pela mídia campo-grandense, como médico deixou de atender em postos de saúde, muito embora recebia seu gordo salário!!! Vergonha...
 
Mário Márcio Toccato em 25/09/2013 20:32:46
Quem Tem Q decidir Alguma Coisa é o Povo.
VC's Vereadores Não Tem A Moral De fazer Isso.
Muitos Ai tem TETO DE VIDRO.Ainda Mais Esse Siufi Q recebe sem Trabalhar a Anos.
Fala Serio Meu Senhor.
 
Fábio Souza em 25/09/2013 20:02:03
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions