A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

24/06/2014 18:45

Gilmar Olarte anuncia nova secretária de Políticas para as Mulheres

Alan Diógenes

Após 100 dias sem representante no cargo, o prefeito Gilmar Olarte (PP) anunciou nesta terça-feira (24) o nome da nova secretária municipal de Políticas para as Mulheres. Membro há mais de 20 anos do diretório nacional do Partido Progressista (PP), Liz Danielle Derzi Wasilewski de Matos Oliveira, de 43 anos, é graduada em Arquitetura, Odontologia e Ciências da Computação. A nova secretária, que é natural de Curitiba, terá como os primeiros desafios a concretização do projeto da Casa da Mulher em Campo Grande e também deverá alinhar as ações da pasta com a Defensoria da Mulher.

Liz é integrante da IECG (Igreja Evangélica de Campo Grande) e participa ativamente de projetos sociais de resgate à dignidade humana, principalmente voltados ao atendimento e auxílio às adolescentes vítimas de violência sexual. Ela também exerce atividade na área de decoração e paisagismo e é empresária no ramo do agronegócio.

A indicada é casada com o ex-secretário de Projetos e ex-diretor presidente da Emha na gestão do prefeito Nelson Trad Filho (PMDB), Paulo Matos e mãe de três filhos. Liz é filha do ex-secretário de Administração no governo de Wilson Barbosa Martins e ex-secretário de Fazenda no governo de Ramez Tebet, Mauro Wasilewski; e também é sobrinha do ex-senador Rachid Saldanha Derzi.

Segundo Gilmar Olarte, ele tomou a decisão baseado no perfil empreendedor da nova componente de sua equipe e afirma que acompanha há anos a atuação de Liz e percebe na mesma a sensibilidade em lidar com questões voltadas para políticas em defesa das mulheres. “Estou seguro de que o nome de Liz Derzi de Matos foi acertivo, pois sua história de vida denuncia uma mulher guerreira que tem em sua essência um perfil de lutar em prol daquilo que acredita. Ela é membro do Partido Progressista há muitos anos e defende a bandeira do partido, que é o resgate de uma sociedade mais humana, fraterna e igualitária”, destacou.

Desde a cassação de Alcides Bernal (PP), em 13 de março de 2014, negociações em torno de um nome não avançaram além do diálogo. Inicialmente, o PMDB ficou responsável por indicar um nome, teve a vereadora Carla Stephanini como articuladora, mas a negociação não se concretizou.

 

Olarte prorroga por 30 dias sindicância para apurar invasão da prefeitura
Em despacho, publicado ontem (23), no Diário Oficial de Campo Grande, o prefeito Gilmar Olarte (PP) prorrogou por 30 dias, a contar de 20 de junho, o...
Olarte promete cascalhar e levar consultório itinerante para assentamento
A Prefeitura de Campo Grande vai encascalhar os 10 quilômetros de travessões, além do acesso à BR-262, no Assentamento Estrela, que fica a 17 quilôme...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions