A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 24 de Março de 2019

12/11/2018 15:58

Governadores querem usar US$ 380 bi de reserva cambial, diz Azambuja

Novos chefes do Executivo se reunião com o presidente eleito na próxima quarta-feira em Brasília

Gabriel Neris e Humberto Marques
Governador Reinaldo Azambuja, ao centro, autoriza construção de casas no interior (Foto: Paulo Francis)Governador Reinaldo Azambuja, ao centro, autoriza construção de casas no interior (Foto: Paulo Francis)

Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou que os governadores eleitos apresentarão pautas conjuntas para o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) na reunião prevista para quarta-feira (12), em Brasília. Na pauta está a utilização de US$ 380 bilhões que o Brasil tem como reservas cambiais.

Segundo o governador do Estado, parte do recurso poderia ser utilizada em ações de infraestrutura, como habitação. “Defendo o uso de parte dos recursos das reservas cambiais para a realização de ações, poderíamos fazer grandes investimentos em obras estruturantes”, disse na tarde desta segunda.

Também haverá uma reunião com a equipe técnica do novo governo, formada pelo futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e o próximo ministro da Economia, Paulo Guedes.

Na reunião, cada estado também deve apresentar suas pautas. Azambuja confirmou que pretende conversar com o novo presidente sobre a segurança na fronteira.

“Essa é a pauta número um que vou levar ao presidente. Também vou falar sobre as rotas Transoceânica e a Bioceânica, a revitalização da Malha Oeste. Mas o ponto mais sensível é a segurança na fronteira, precisamos saber qual à medida que o presidente vai tomar nas fronteiras com Paraguai e Bolívia”, disse.

Azambuja autorizou na tarde desta segunda-feira a construção de 100 moradias em Paranaíba e 96 em Chapadão do Sul, investimentos de R$ 15,9 milhões, sendo R$ 2,4 milhões do Estado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions