A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

27/11/2015 11:35

João Rocha é eleito presidente da Câmara com 27 votos a favor e 1 contra

Viviane Oliveira e Leonardo Rocha
Vereadores fizeram discursos de apoio ao novo presidente da Casa (Foto: Marcos Ermínio)Vereadores fizeram discursos de apoio ao novo presidente da Casa (Foto: Marcos Ermínio)
Com apenas um voto contrário, vereadores escolhem João Rocha para presidir a Câmara (Foto: Marcos Ermínio)Com apenas um voto contrário, vereadores escolhem João Rocha para presidir a Câmara (Foto: Marcos Ermínio)
Mário César ficou muito emocionado ao dizer motivos da renúncia e prestar apoio a novo presidente (Foto: Marcos Ermínio)Mário César ficou muito emocionado ao dizer motivos da renúncia e prestar apoio a novo presidente (Foto: Marcos Ermínio)

O vereador João Rocha (PSDB) foi eleito nesta manhã, presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, com 27 votos a favor e um contra. O único voto contrário foi do vereador Derly dos Reis de Oliveira, o Cazuza (PP). Ele justificou dizendo que não era um voto pessoal, mas partidário. 

Os discursos foram marcados por homenagens ao ex-presidente Mario César (PMDB) que renunciou ao cargo para voltar como vereador. Ele tinha sido afastado no dia 25 de agosto deste ano durante a Operação Coffee Break, que apura a compra de votos para a cassação do prefeito Alcides Bernal (PP), em março do ano passado.

Entre os elogios, os vereadores disseram que Mario foi um grande presidente e que deu liberdade para a oposição, inclusive na época do Prefeito Gilmar Olarte (PP), assim como aproximou a Câmara Municipal da Comunidade. Eles também enfatizaram a boa gestão de Flávio César (PTdoB), que atuou no cargo de forma interina desde 27 de agosto.

Os parlamentares ressaltaram ainda que Flávio foi firme, teve muita cautela e sabedoria em momento turbulento da história da Câmara. Sobre o novo presidente, João Rocha, os vereadores destacaram que se trata de um parlamentar equilibrado, preparado, com experiência e que neste momento leva união a Casa. Também foi descrito que o vereador deve aproximar o governo da Câmara Municipal. João Rocha é do mesmo partido de Reinaldo Azambuja (PSDB).

Durante as votações, João Rocha se emocionou várias vezes com apoio dos colegas, inclusive quando citaram que ele foi forte e presente no legislativo, apesar de problemas de saúde na família, momento em que chorou.

Outro emocionado, foi Mario César. Ele agradeceu aos colegas e funcionários da Casa e disse que sua decisão de renunciar foi em prol do coletivo. O parlamentar destacou ainda que Flávio César teve grandeza ao comandar a Casa. 

Mário César chorou durante discurso e terminou a fala com a voz embargada. Depois disso abraçou um por um dos vereadores chorando. O momento é de união e não de fazer novas disputas entre Câmara e executivo. Chega de divergências, nós precisamos de paz”, ressaltou Alex do PT.

Alguns vereadores pediram para que Mário continue na vida política e não desista da reeleição. O único que não participou da sessão foi Edson Shimabukuro (PTB), porque está em viagem. João Rocha fica no cargo até 2016. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions