A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

28/02/2009 11:02

Justiça eleitoral cassa diploma do prefeito de Rochedo

Redação

A Justiça Eleitoral determinou no último dia 15 a cassação do diploma do prefeito de Rochedo, Adão Pedro Arantes (PDT), e de seu vice, Ailton Gomes de Melo (PP), sob acusação de compra de votos.

A representação foi feita pelo segundo colocado nas últimas eleições, João Cordeiro (PMDB), que encabeçou a coligação "Amor, Trabalho e Fé".

Segundo o advogado de João Cordeiro, José Valeriano Fontoura, o prefeito de Rochedo é acusado de ter distribuído, durante a campanha eleitoral do ano passado, materiais de construção a eleitores em troca de votos.

Ele também teria doado terrenos da prefeitura em troca de apoio à sua candidatura.

De acordo com o advogado, a defesa do prefeito de Rochedo deve entrar agora no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) com ação de efeito suspensivo da decisão, até que a questão seja apreciada.

Se o TRE não acatar suas argumentações, o prefeito perde o cargo para o segundo colocado, João Cordeiro. Se isto ocorrer, ele ainda pode recorrer ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

A decisão do juiz Alexsandro Motta, da comarca de Rio Negro, será publicada no Diário de Justiça do próximo dia 2.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions