A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017

22/08/2017 12:02

Longe do poder desde 1998, Pedrossian tinha paixão por política

Tema rendia até aposta de Coca Cola , conta o filho em despedida ao ex-governador

Aline dos Santos e Mayara Bueno
Pedrossian foi governador por três vezes. Fui apaixonado pelo que fiz. (Foto: Marcos Ermínio)Pedrossian foi governador por três vezes. "Fui apaixonado pelo que fiz". (Foto: Marcos Ermínio)

Mesmo fora de cargos, após longevos anos no poder, o ex-governador Pedro Pedrossian não deixou de acompanhar a política. Em 2013, em entrevista ao Campo Grande News, já com a audição fragilizada, logo se animou ao comentar a temática e se mostrava inteirado do cenário politico.

Até o ano passado, enquanto a saúde permitiu, era atualizado pelo filho, que leva seu nome, sobre a situação do País. “Lia as notícias, contava a situação. Inclusive, no ano passado, apostei uma Coca Cola com meu pai que o Michel Temer seria primeiro ministro, com o parlamentarismo”, relata Pedro Pedrossian Filho.

Candidato a prefeito em 2016, ele conta que o pai aconselhou sobre o plano de governo. E a sugestão foi incluir logo três novos hospitais. “Eu falei que um custava R$ 500 milhões. Mas ele falou: 'você consegue fazer'”.

Pedrossian Filho afirma que quando o pai inaugurou o Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, onde é velado nesta terça-feira (dia 22), o orçamento estadual era de 24 milhões de dólares, sendo menos de 10 milhões para investimentos. A moeda americana era usada como referência pela forte oscilação da inflação.

“Fui governador várias vezes. Chegava às 5h no gabinete. Ficava embaixo do chuveiro pensando em como poderia ajudar. Fui apaixonado pelo que fiz. Mesmo com orçamento pequeno, consegui fazer muita coisa”, disse em 2013 o ex-governador ao Campo Grande News.

Pedro Pedrossian foi governador de Mato Grosso entre 1966 e 1971. Em 1980, foi nomeado para comandar Mato Grosso do Sul, posto que retomou em 1991, quando foi eleito nas urnas. Em 1998, chegou a disputar a eleição e apoiou Zeca do PT no segundo turno, que foi eleito.

Adeus – Nascido em Miranda, Pedro Pedrossian morreu aos 89 anos nesta terça-feira (dia 22), em Campo Grande. Ele é velado no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo. O sepultamento será às 17h no cemitério Parque das Primaveras, localizado na avenida Senador Filinto Müler, 2211, Jardim Parati.

Casado por 69 anos com Maria Aparecida Pedrossian, homenageada com nome de bairro em Campo Grande, ele deixa seis filhos, 11 netos e 12 bisnetos.

Em dia de luto, Parques dos Poderes têm bandeiras a meio-mastro. (Fotos: Marcos Ermínio)Em dia de luto, Parques dos Poderes têm bandeiras a meio-mastro. (Fotos: Marcos Ermínio)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions