A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

01/09/2011 11:57

Mais um vereador preso na Uragano tenta reverter cassação em Dourados

Aline dos Santos

Marcelo Barros quer anular decisão da Câmara na justiça

Marcelo Barrros quer anular processo de cassaçãoMarcelo Barrros quer anular processo de cassação

O ex-vereador Marcelo Barros (DEM) também tenta anular na justiça a cassação do seu mandato na Câmara Municipal de Dourados. Ele foi preso na Operação Uragano, realizada há um ano pela PF (Polícia Federal).

Humberto Teixeira Júnior também tenta reaver o mandato na justiça. A Uragano apontou o pagamento de mensalão aos vereadores. Nove dos 12 parlamentares foram presos e perderam os mandatos em renúncias e processos de cassação.

O pedido de anulação tramita na 3ª Vara Cível de Dourados. A defesa de Barros questiona a participação de suplentes e dos vereadores Gino Ferreira (DEM) e Dirceu Longhi (PT), que também foram indiciados na operação da PF. Também foi alegado que o ex-vereador não teve direito à ampla defesa.

Filho da ex-deputada Bela Barros, Marcelo assinou declaração de pobreza, informado que não tem condições financeiras para arcar com os ônus processuais.

Marcelo Barros foi cassado em março deste ano. Em sua defesa, ele disse que foi vítima e chamou Eleandro Passaia, ex-secretário da Prefeitura, de “endemoniado”. Passaia fez as gravações das fraudes envolvendo a prefeitura, Câmara e empresários.

Três meses depois da operação, o então vereador Ari Artuzi renunciou o cargo, assim como vice Carlinhos Cantor.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions