A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Janeiro de 2018

22/03/2009 11:45

Massi está confiante em assumir prefeitura de Corguinho

Redação

A frente da coligação 'Unidos por Corguinho', o candidato à prefeitura de Corguinho Theóphilo Barboza Massi (PDT) compareceu às 10h na escola em que vota. Ele chegou sozinho e se mostrou confiante no pleito, dizendo que o trabalho dele tem sido refletido nas pesquisas, que, segundo ele, são favoráveis a sua eleição.

Segundo ele, a população entendeu seus projetos, principalmente para geração de empregos. E os projetos relacionados a questões sociais parecem ter caído no gosto dos eleitores, que aprovam as ideias, de acordo com ele.

Questionado sobre o que irá fazer quando for empossado, Theo disse que apenas tem projetos em mente e que estes começarão quando já estiver no cargo.

Sobre a apreensão dos panfletos da coligação adversária 'Juntos pelo Desenvolvimento', comandada pelo ex-prefeito Dalton de Souza Lima (PMDB), atacando sua campanha, Theo simplesmente disse que lamenta o ocorrido e alega que foi um ato de desespero, pois quando as pessoas percebem que vão perder e não tem pra onde recorrer, acabam fazendo essas coisas para tentar prejudicar candidaturas alheias.

Mas o importante, segundo ele, é que a população entendeu sua mensagem de governo desde o início da campanha.

Disputam a prefeitura Theo e Dalton, segundo colocado na última eleição. O pleito está sendo refeito porque Ubaldo Ribeiro Lopes (PP), que obteve 56,34% dos votos válidos na eleição passada não pode ser diplomado em virtude de ter seu registro de candidatura indeferido pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Ele foi condenado em 2007 por crime eleitoral e concorreu em 2008 amparado por um hábeas corpus e uma liminar, com efeito temporário.

Nem o vice-prefeito nem o segundo colocado puderam assumir a prefeitura pois Ubaldo obteve mais de 50% dos votos válidos. A cidade tem como prefeito interino o candidato Theóphilo Barboza Massi (PDT), atual presidente da Câmara Municipal. O novo prefeito deve assumir até o dia 10 de abril.

Esse é o primeiro mandato eletivo da carreira de Theo. Em 2004 ele tentou se eleger vereador, mas devido a coligação acabou ficando na suplência. De acordo com o pedetista, o projeto político de sair candidato a prefeito de Corguinho era um sonho antigo que iria ser amadurecido em breve, mas como as coisas aconteceram mais rápido do que ele pensava, viu no fato uma oportunidade para assumir a cadeira de prefeito da cidade.

Theo tem 42 anos, é advogado e membro de uma tradicional família de Corguinho. Seu pai

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions