A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

02/12/2015 13:12

Ministro do STJ nega habeas corpus a pecuarista de MS amigo de Lula

Michel Faustino
Bumlai foi preso durante os desdobramentos da operação Lava-Jato. (Foto:Agência Brasil)Bumlai foi preso durante os desdobramentos da operação Lava-Jato. (Foto:Agência Brasil)

O ministro do STJ (Superior Tribunal de Justiça), Ribeiro Dantas, negou o pedido de habeas corpus feito pela defesa do pecuarista José Carlos Bumlai, preso durante os desdobramentos da Operação Lava Jato. Bumlai é acusado pelo lobista Fernando Soares, o Fernando Baiano, de ter recebido dinheiro que teria sido utilizado por uma nora do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para pagar a compra de um imóvel.

Bumlai também é citado pelo delator como tendo contraído um empréstimo de R$ 12 milhões junto ao Banco Schahin e que teria o PT como beneficiário. A CPI do BNDES também investiga financiamentos do BNDES feitos às empresas de Bumlai.

Em seu depimento na Operação Lava Jato, Bumlai minimizou sua aproximação com o ex-presidente Lula e afirmou jamais ter conversado com ele sobre os rumo das investigações. Ele também nega o envolvimento em irregularidades.



Um vagabundo, bandido deste calibre tem que apodrecer na cadeia mesmo, se ele não tenta ajudar nem quando ele tá na reta pois se orgulha de dizer que é amigo do Lula? Amigo de vagabundo é vagabundo, amigo de ladrão é ladrão, desde cedo aprendi, "me diga com quem andas que te direi quem é". Se a justiça for realmente correta a familia deste senhor deveria morrer de fome pois eles deviam lhe tomar até as meias. Ainda bem que o jugamento é em Brasilia, se fosse aqui já tava solto, assim como o Delcidio, se estivesse preso aqui na cidade algum desembargador já o teria soltado. Parabens ao Ministro que se mostrou uma pessoa séria.
 
Max em 02/12/2015 17:22:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions