A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

03/10/2012 15:43

No último programa para prefeito, PSOL é punido com perda de tempo

Maioria dos que disputam vaga na prefeitura de Campo Grande agradeceu, fez resumos de propostas e pediu votos

Nadyenka Castro
Sidney Melo, do PSOL, foi punido. (Foto: Rodrigo Pazinato)Sidney Melo, do PSOL, foi punido. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Nesta quarta-feira, último dia do horário eleitoral para candidatos a prefeito, a maioria dos que disputam a administração de Campo Grande agradeceu, fez resumos de propostas e pediu votos. Sidney Melo (PSOL) perdeu tempo do programa no horário de almoço e garantiu que à noite terá o programa de encerramento.

O candidato que encabeça a coligação Mais Trabalho por Campo Grande, Edson Giroto (PMDB) vai apresentar o último programa à noite. Nos 13 minutos e 26 segundos haverá agradecimento à população, síntese das 15 metas de governo e pedido de votos.

Nos três minutos do programa de Alcides Bernal (PP), sem partidos coligados, houve agradecimentos e apresentação de clipe com propostas e o conceito de mudança falado durante toda a campanha.

Reinaldo Azambuja (PSDB), da coligação Um Novo Tempo Para Campo Grande, falou sobre problemas da Capital, foi aos locais e apresentou propostas de solução.

Vander Loubet (PT), sem coligação, ressaltou as principais propostas do plano de governo, teve participação de lideranças da legenda, pediu votos e falou sobre expectativa do segundo turno. O candidato tem 4 minutos e 49 segundos.

Em um minuto e 50 segundos, Marcelo Bluma (PV) falou sobre o plano de governo, mostrou imagens com participação em debates e campanha nas ruas.

Por decisão da Justiça Eleitoral, o programa de Sidnei Melo (PSOL), não foi ao ar no horário de almoço. “Recebemos a notícia pela manhã. Foi por descumprimento da legislação eleitoral, a gente só não sabe qual item especificamente”, disse o candidato, que afirmou que o programa será apresentado à noite. Haverá agradecimentos e pedido para que o voto seja dado pensando com carinho no município.

Suél Ferranti (PSTU), disse que o último programa não tem nada de diferente dos anteriores “devido à falta de recursos financeiros”. Segundo o candidato, nas apresentações é falado sobre a exploração das minorais.

TV recorre de decisões para manter debate só com 5 candidatos
A TV Morena já foi notificada da decisão de ontem da Justiça Eleitoral que determinou a inclusão do candidato Suél Ferranti (PSTU) no debate entre os...
Na última semana, candidatos focam debate de olho nos indecisos
Os candidatos à Prefeitura de Campo Grande enxergam o último debate antes da votação do primeiro turno, marcado para quinta-feira, como a  última “ca...
PSOL participa de último debate na televisão, diz candidato
O candidato do PSOL à Prefeitura de Campo Grande, professor Sidney Melo, participa do debate da TV Morena, afiliada da Rede Globo, marcado para a pró...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions