A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

18/11/2013 19:34

Nomeado para Receita, Disney terá papel maior na gestão Bernal

Zemil Rocha

O recém nomeado secretário municipal interino da Receita, Disney de Souza Fernandes, terá papel maior na administração do prefeito Alcides Bernal, extrapolando a função meramente arrecadatória e tributária. “A intenção é assessorar diretamente o prefeito na modernização administrativa”, informou Disney nesta segunda-feira (18).

Segundo ele, a missão será implementar “uma política de gestão administrativa”, buscando uma “interlocução a fim de melhorar o gasto da prefeitura, melhorar sua eficiência”. Esse trabalho, conforme Disney, merecerá uma atuação de gestão administrativa e de tecnologia da informação sobre todos os setores da atividade da Prefeitura, inclusive nas áreas de educação e saúde.

Por isso, de acordo com o secretário, a sua atuação na área de Receita é apenas uma das tarefas que assumiu. Assim, não haveria importância em ser interino ou mesmo necessidade de ocupar um cargo. “Não é necessário ocupar o cargo”, garantiu.

Empresa beneficiada - Disney de Souza Fernandes foi secretário municipal de Finanças na administração de Juvêncio Cesar da Fonseca. Na época, houve denuncia de que a empresa dele, a “DSF”, iniciais de seu nome, teria sido beneficiada por um contrato milionário, com dispensa de licitação, após a anulação de um pregão, para implantação de um sistema informatizado de gestão de tributos municipais.

Embora seja o proprietário da DSF, Disney garante que está afastado da administração da empresa que promoveu a modernização do sistema de tributação da Prefeitura em 2005. “Me desliguei da empresa na semana passada, antes de assumir o cargo de secretário. Se continuasse haveria uma incompatibilidade moral, já que como a empresa não mais presta serviço para a prefeitura não teria impedimento legal”, afirmou.

Indagado sobre o andamento do processo judicial em que o Ministério Público pede condenação por improbidade administrativa pela contratação da DSF com inexigibilidade de licitação, Disney Fernandes respondeu: “A DSF foi contratada em Belém do Pará agora com inexigibilidade de licitação. A procuradoria jurídica de Belém tem tanta segurança que a DSF foi contratada sem inexigibilidade em 2005 e deu parecer pela renovação no mês passado”.

Em que pese ter agora função mais ampla na prefeitura, respondendo pela política de modernização da gestão administrativa, Disney garante que isso não vai implicar na possível contratação de sua empresa, a DSF. “O que tinha de fazer em Campo Grande, nós já fizemos. Não tem mais espaço para essa área tributária e o IMTI (Instituto Municipal de Tecnologia da Informação) faz a manutenção”.

Nos outros setores da Prefeitura, de acordo com Disney, há uma “carência brutal” de modernização da gestão. “Tem a área financeira, protocolo, saúde, que está aí com esses questionamentos, recursos humanos. E precisam ser modernizados para dar condições melhorar o trabalho”, disse. Questionado se sua empresa poderia ajudar nisso, ele declarou: “A minha empresa é especializada em administração tributária e não nessas áreas”.

 




KKK MAIS UM QUE VAI SE BENEFICIAR ...UM ABSURDO ISTO COM CAMPO GRANDE ....
 
ELY MONTEIRO em 18/11/2013 20:39:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions