ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 14º

Política

Nova pesquisa põe Nelsinho Trad na frente de Delcídio em Campo Grande

Jéssica Benitez | 04/04/2013 09:52
Nova pesquisa põe Nelsinho Trad na frente de Delcídio em Campo Grande

Nova pesquisa eleitoral, divulgada hoje, aponta o ex-prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), na frente do senador Delcídio do Amaral (PT) na preferência do eleitor da Capital para a sucessão estadual em 2014. Ele aparece com um ponto percentual de vantagem. No levantamento do Ícone, divulgado pela Rede MS Record, apontou o petista na frente com sete pontos.

Segundo pesquisa realizada pelo Ipems (Instituto de Pesquisas do Mato Grosso do Sul), divulgada pelo Correio do Estado de hoje, a preferência do eleitor em relação ao ex-prefeito subiu cerca de 7 pontos entre os meses de fevereiro e março deste ano. No segundo mês do ano, o peemedebista apresentava 35,56% das intenções de voto. Já no mês passado, o percentual subiu para 42,13%.

De acordo com a mesma pesquisa, o efeito é contrário para o senador. Em fevereiro o petista apresentava 49,50% da preferência dos eleitores, sofrendo queda de pouco mais de 7 pontos. Em março Delcídio amargou 41,83% da intenção de votos.

Desta forma, caso a eleição para sucessão do governado do Estado, André Puccinelli (PMDB), ocorresse hoje, Nelsinho venceria a disputa. “Eu acho até um número baixo”, comentou André sobre o resultado da pesquisa. Ao ser questionado se o percentual de Nelsinho não estaria pouco satisfatório por conta de seu histórico político como prefeito de Campo Grande, o governador explicou.

“É normal que o ex-prefeito caia nas pesquisas quando acabou de sair de oito anos de mandato. Depois ele sobre novamente e se isso não acontecer, nunca mais sobe”, opinou.

A pesquisa foi realizada entre os dias 26 e 29 de março com 600 pessoas residentes em Campo Grande. A soma dos que não souberam ou não quiseram responder equivale a 16% dos entrevistados.

Linha do tempo – Ainda com base na pesquisa, Delcídio se mantém na mesma média desde o ano passado. Em novembro de 2012 o senador atingiu 49,67%, em janeiro caiu um pouco 47,67%, tornou a subir em fevereiro com 49,50%, sofrendo grande queda em março 41,83%.

Já Nelsinho encarou percentual mais instável. Em novembro ele tinha 38,50% das intenções de voto, subiu para 39% em janeiro, caiu para 35,56% em fevereiro. Em março o número se elevou para 42,17%.

Ciente de que ainda faltam quase dois anos para eleição, André mantém os pés no chão. “Ainda é muito cedo para pesquisas”, finalizou.

Nos siga no Google Notícias