A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Agosto de 2017

13/04/2014 12:35

Olarte admite não ter nome para quarta troca de comando na Semadur

Kleber Clajus
Prefeito ainda não fechou nome para Semadur; indicação será quarta troca de comando (Foto: Cleber Gellio)Prefeito ainda não fechou nome para Semadur; indicação será quarta troca de comando (Foto: Cleber Gellio)

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), admitiu neste domingo (13) não ter nenhum nome para assumir a Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo). Como justificativa, ele apontou que esta é uma “secretaria muito sensível” e que as negociações continuam. Quando for fechada a indicação, será a quarta mudança de comando em um ano e quatro meses.

De acordo com Olarte, a prioridade na Semadur é reduzir a burocracia para agilizar a aprovação de projetos, que hoje ficam “parando em ilhas”. Somente após mudar essa sistemática, um titular seria efetivado.

“Com respeito a nomes, estamos tomando muito cuidado porque é uma secretaria muito sensível. As conversações estão amplas e cuidadosas, porque não queremos fazer algo com a Semadur que venha prejudicar o trabalho”, afirmou o prefeito durante agenda pública.

O PT do B ainda poderia indicar novo titular para a pasta, mesmo com a desistência dos vereadores Eduardo Romero e Flávio César. No caso de Romero, a recusa do cargo se deu após consultar sua base eleitoral. Em contrapartida, Flávio estaria inserido no sonho nacional do partido de se eleger deputado federal.

Com uma nova indicação, a Semadur deve trocar de comando pela quarta vez desde o ano passado. Já foram titulares da pasta Odimar Luis Marcon, Cezar Afonso e permanece, de forma interina, João Alberto Borges dos Santos.

“Nós temos que ir com muita calma, por isso nomeamos o interino para ir fazendo construções e modificações no segundo e terceiro escalão da secretaria”, ressaltou o prefeito.

Emperrada – A Secretaria da Mulher é outra que segue indefinida, mas ao contrário da Semadur, não possui nem chefia interina.

De acordo com Olarte, os trabalhos estariam sendo despachados por ele mesmo, uma vez que reunião com o PMDB, na semana passada, não resultou em definição do nome para a pasta.

“Continuamos conversando. Não houve ainda definição [para a secretaria], mas a qualquer momento poderemos resolver isso aí”, justificou.

Sem consenso, Câmara adia votação da reforma política
Sem consenso e diante de muita polêmica, o plenário da Câmara dos Deputados adiou na noite desta quarta-feira (16) a votação do texto-base de parte d...
PMDB vai voltar a se chamar MDB, diz presidente nacional da legenda
O presidente nacional do PMDB, Romero Jucá (RR), afirmou nesta quarta-feira, 16, que encaminhou um ofício ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para m...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions