A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

24/04/2014 12:11

Olarte espera lista de nomes do PMDB para Secretaria da Mulher

Leonardo Rocha
Olarte diz que pediu ao PMDB para enviar a lista de nomes que possam assumir a Secretaria da Mulher (Foto: Cleber Gellio)Olarte diz que pediu ao PMDB para enviar a lista de nomes que possam assumir a Secretaria da Mulher (Foto: Cleber Gellio)

O prefeito Gilmar Olarte (PP) afirmou hoje (24), durante agenda pública, que já encaminhou mensagem ao diretório municipal do PMDB, pedindo uma lista de nomes que possam assumir a Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres.

O prefeito ressaltou que estes “nomes” precisam ter "perfil técnico" para assumir a pasta, já que segundo ele, está utilizando este critério na escolha dos titulares do primeiro escalão da administração.

“Queremos alguém que possa contribuir e construir conosco políticas importantes para a pasta, o PMDB pode nos ajudar e escolher um nome com capacidade e formação para assumir a Secretaria (Mulher)”, afirmou ele.

Sobre um possível descontentamento do PMDB à sua gestão, Olarte voltou a dizer que a maioria dos partidos está participando da administração, com representantes em diversos setores, e que com o tempo irá atender as reivindicações necessárias para o município.

Olarte também ponderou que não é porque o partido indica nomes, que a prefeitura tem que aceitar, já que estes serão avaliados, antes de assumirem as pastas. “Temos critérios técnicos que iremos cobrar, e sempre vamos manter um diálogo agradável com os partidos”.

Insatisfeito – Ontem (23), a presidente municipal do PMDB, a vereadora Carla Stephanini, deixou evidente sua insatisfação sobre a indicação para Secretaria da Mulher. Ela inclusive ponderou que caberia ao prefeito dar um “fechamento” a este assunto.

A vereadora ressaltou que o PMDB não fez nenhuma indicação para o governo de Olarte, e que a presença de Edil Albuquerque (PMDB), a frente da Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico), não era uma escolha do partido e sim do prefeito. “Não foi construção partidária, o PMDB não foi consultado”.

O líder do PMDB na Câmara, o vereador Vanderlei Cabeludo, também afirmou que o PMDB não está contemplado na administração e que a legenda poderia ter um espaço maior, mesmo assim, irá contribuir no que for necessário nos projetos para cidade.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions