ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, TERÇA  18    CAMPO GRANDE 32º

Política

Paulo Duarte volta à Assembleia após 9 anos: “Achei que estava fora do jogo”

Posse foi acompanhada por dois pré-candidatos ao governo: Riedel e Puccinelli

Por Aline dos Santos e Gabriela Couto | 03/12/2021 10:00
Paulo Duarte foi empossado deputado estadual nesta sexta-feira. (Foto: Marcos Maluf)
Paulo Duarte foi empossado deputado estadual nesta sexta-feira. (Foto: Marcos Maluf)

Ex-prefeito de Corumbá, Paulo Duarte (MDB) tomou posse como deputado estadual com discurso de agradecimento e recado para o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) sobre nova onda de covid.

“O sentimento é de gratidão. Retornar depois de achar que estava fora do jogo. Chego aqui mais experiente. Volto depois de nove anos e sou bem recebido. Só tenho a agradecer àqueles que acreditaram em mim. Esperem de mim trabalho e respeito aos votos que tive”, diz Duarte.

Ainda durante o discurso, mandou um recado ao governador, presente ao evento. “Que seja feito tudo o que precisa ser feito para que não venha a quarta onda da covid”, afirma. O parlamentar demonstrou preocupação com o avanço da doença pelo mundo.

Duarte é suplente de Eduardo Rocha (MDB), que também nesta sexta-feira, assume um novo cargo: a Secretaria de Governo e Gestão Estratégica.

No começo de novembro, ao anunciar as mudanças, o Campo Grande News detalhou que Duarte e Rocha, ambos do MDB, devem apoiar o secretário Eduardo Riedel na corrida pelo governo de Mato Grosso do Sul. Apesar de André Puccinelli, que foi hoje à Assembleia Legislativa, ser o pré-candidato a governador pelo MDB.

Ao fim do discurso de posse, Paulo Duarte sentou-se ao lado de Riedel. Enquanto Puccinelli acompanhou a cerimônia ao lado de Eduardo Rocha. O evento político foi bastante concorrido, com casa cheia na Assembleia Legislativa.

RetornoPaulo Duarte iniciou a carreira política em 1999 como superintendente de Administração Tributária. Em seguida, ocupou os cargos de secretário de Fazenda, chefe da Casa Civil e secretário de Infraestrutura e Habitação durante a gestão do Zeca do PT.

Em 2006, foi eleito deputado estadual e ocupou o cargo por dois mandatos, antes de ser eleito prefeito de Corumbá em 2012. Ele é economista e auditor fiscal aposentado.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário