A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

12/03/2014 21:22

Pedra ressalta que não viu provas de improbidade administrativa de Bernal

Edivaldo Bitencourt e Leonardo Rocha
Paulo Pedra destacou que não há provas contra Bernal (Foto: Cleber Gellio)Paulo Pedra destacou que não há provas contra Bernal (Foto: Cleber Gellio)

O vereador Paulo Pedra (PDT) afirmou, em discurso durante a sessão de julgamento na Câmara Municipal, que não viu nenhuma prova de improbidade administrativa contra o prefeito Alcides Bernal (PP). O pedetista, que virou aliado depois de indicar o presidente da Emha (Empresa Municipal de Habitação), disse que leu todo o relatório e aposta em reverter a cassação na Justiça.

Ele disse que juridicamente não há como cassar o prefeito. E citou a reversão em segunda instância, no Tribunal Regional Eleitoral, das cassações dos vereadores Thaís Helena (PT), Mario Cesar (PMDB), Delei Pinheiro (PSD) e ele mesmo. “Não encontraram provas contra a gente”, afirmou.

Ele disse que votará contra a cassação de Bernal “para manter a coerência”. Paulo Pedra disse que se a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) ou o Tribunal de Justiça analisarem o relatório da Comissão Processante, não encontrarão provas contra o prefeito.

Paulo Pedra disse que o prefeito poderá ficar inelegível por oito anos e comparou o julgamento de hoje ao golpe militar em 1964.

Voto "misterioso", Romero usa tribuna para rebater estratégias de aliados
Ao contrário dos vereadores da base, que citaram o juiz David Oliveira Gomes Filho, da 2ª Vara de Direitos Difusos e Coletivos para defender Bernal (...
Zeca diz que Câmara é rigorosa demais com Bernal e apela contra cassação
O ex-governador e atual vereador, Zeca do PT, acusou a Câmara de ser rigorosa demais com o prefeito Alcides Bernal (PP) e pediu para os colegas de Ca...
Após cirurgia, Temer adia viagem ao Sudeste Asiático
Após passar por um novo procedimento cirúrgico nessa quarta-feira (13), o presidente Michel Temer decidiu adiar a viagem que faria à Ásia no início d...


" ... virou aliado depois de indicar o presidente da Emha (Empresa Municipal de Habitação), .." Pensei que o vereador fosse aliado das causas do povo, daquilo que é bom para a cidade, e não "aliado de interesses pessoais".
 
Luis Fernando Ferreira da Silva em 12/03/2014 21:33:03
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions