A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2018

23/03/2018 11:35

Pedro Chaves diz que só define apoio depois da janela partidária

Senador diz que conversa com o atual e ex governadores, além do juiz Odilon de Oliveira

Mayara Bueno e Leonardo Rocha
Senador Pedro Chaves (PRB-MS) em entrevista.
(Foto: Leonardo Rocha).Senador Pedro Chaves (PRB-MS) em entrevista. (Foto: Leonardo Rocha).

O senador Pedro Chaves (PRB-MS) disse que aguardará o prazo da janela partidária para definir quem vai apoiar na eleição deste ano. Enquanto isso, afirma que mantém conversas com o atual governador Reinaldo Azambuja (PSDB), o ex, André Puccinelli (MDB), além de Odilon de Oliveira (PDT). Os dois últimos já anunciaram a pré-candidatura ao governo.

Conforme o parlamentar, somente após encerramento do período da janela partidária - que permite deputados mudarem de partidos - é que o cenário político será delineado e, portanto, poderá ser analisado.

Sobre seu futuro político, a intenção, a princípio, é mesmo se candidatar à reeleição ao Senado. Em sua atuação, Pedro Chaves destaca que é um parlamentar que defende temas "por atacado", colocando como foco assuntos que abrangem o País, não somente o Estado.

Em um evento com participação de aproximadamente mil pessoas, no fim de fevereiro, o senador Pedro Chaves oficializou, na noite desta segunda-feira (dia 26), sua filiação ao PRB. Ele deixou o PSC depois de oito anos na sigla.

A janela partidária encerra em 7 de abril. Até lá, os parlamentares podem mudar de partido sem correr o risco de perderem seus mandatos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions